Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de junho de 2021
Busca
Brasil

Irmãs siamesas nascidas na Capital dividem o coração

8 Mar 2010 - 17h40Por Campo Grande News
As irmãs siamesas, que nasceram na última sexta-feira no HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian, em Campo Grande, dividem coração, bexiga, estômago, umbigo e parte do intestino.

Frente a frente, Eduarda e Vitória permanecem abraçadinhas no leito do CTI (Centro de Terapia Intensiva) pediátrico, onde, como os demais bebês prematuros, lutam para ganhar peso.

“É um caso raro, que causa comoção. São duas menininhas lindas. Mas são prematuras e têm poucas defesas”, conta o médico pediatra Sandro Benites, que estava de plantão no último fim de semana.

No CTI, as crianças, cuja mãe é uma adolescente de 14 anos, recebem medicação para o coração e ventilação mecânica. Os bebês nasceram de 32 semanas. As duas meninas somam 3,7 quilos, quase o peso de um único bebê que nasça após 9 meses de gestação.

De acordo com o médico, não há previsão de cirurgia para separar as irmãs. A mãe das meninas receberá alta do hospital hoje.

Em 2005, foi registrado caso de gêmeas siamesas em Água Clara, a 200 km de Campo Grande. As irmãs Jenifer e Stefani, que nasceram unidas pelo abdômen, foram operadas com sucesso em São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

APOSTAS NO BRASIL
É legal apostar em esportes no Brasil?
CRIME BRUTAL
Mulher é encontrada morta com rosas, uma aliança nas mãos e frase cruel escrita na testa
TRAGEDIA
Casal é encontrado morto no banheiro com o chuveiro ligado
VEJA VÍDEO
Servidora não deixa lençol sujar com sangue de bandido e viraliza na internet
LUTO NA TV
Apresentador do Balanço Geral morre vítima da covid
COPA AMÉRICA
Com mudanças, Brasil encara Colômbia para garantir liderança do grupo
JOGOS ONLINE
Expectativas para legalização de jogos de azar movimenta mercado internacional
Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo