Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Governo tem 93% de apoio de partidos da base aliada em votações na Câmara dos Deputados

9 Abr 2011 - 12h43Por Agência Brasil

O governo teve alto índice de apoio na Câmara dos Deputados nos 100 primeiros dias da administração da presidenta da República Dilma Rousseff. Segundo levantamento feito pela liderança do governo na Casa, o índice de fidelidade dos partidos que compõem a base de apoio nas votações de plenário foi 92,7%.

De acordo com o líder, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), o resultado é ainda mais expressivo porque foram votadas matérias importantes e polêmicas como o reajuste do salário mínimo, a Medida Provisória do Trem-Bala e o acordo de Itaipu. “A nossa base foi firme e enfrentou resistência da oposição que estendeu as votações por quase 16 horas”, disse Vaccarezza.

De acordo com o índice de fidelidade do PT foi 99,27%; PMDB, 91,12%; PSB, 98,9%; PTB, 95,4%; PR, 96,34 %; PP, 90,86 %; PDT, 75,72 %; PRB, 96,28 %; PHS, 84,62 %. A maior fidelidade nas votações foi a do PTC, que tem apenas um deputado e pelo PTdoB, que tem quatro, ambos com 100%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS
COM DESCONTOS
Veja as opções de pagamento do IPVA com desconto
CASA PRÓPRIA
Casa Verde e Amarela substitui Minha Casa Minha Vida com opção para renegociar dívidas e menos juros