Menu
SADER_FULL
quarta, 22 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Governo prevê aumento do uso do seguro-desemprego em 2011

4 Fev 2011 - 10h18Por Nova News

O governo prevê que gastará 13% a mais com pagamento do seguro-desemprego este ano, em comparação com 2010. Segundo a mensagem presidencial enviada hoje (2) ao Congresso Nacional, deverão ser gastos, ao longo do ano, R$ 22,6 bilhões no pagamento do benefício ante R$ 20 bilhões gastos no ano passado.

De acordo com o Ministério do Trabalho, o aumento deve ocorrer em virtude do aumento da quantidade de trabalhadores empregados, da rotatividade do mercado de trabalho e, também, da elevação do valor do salário mínimo. Segundo o ministério, apesar do seguro-desemprego não ter o valor vinculado diretamente ao salário-mínimo, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) tem reajustado o valor do benefício conforme o reajuste do mínimo.

De acordo com cálculos do governo contidos na mensagem da presidenta Dilma Rousseff ao Congresso, o número de trabalhadores beneficiados pelo seguro-desemprego será maior este ano em comparação com 2010. A previsão é que até o fim do ano 8,5 milhões de trabalhadores recebam o benefício. No ano passado, 6,52 milhões de desempregados foram atendidos pelo seguro.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas