Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de outubro de 2021
Busca
Brasil

França e Itália reeditam, em Paris, a decisão do Mundial

6 Set 2006 - 10h54

O jogo mais esperado da segunda rodada das Eliminatórias para a Eurocopa de 2008, na Suíça e na Áustria, acontece nesta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil), em Paris. A reedição da final da Copa do Mundo. De um lado, a França, já sem Zidane. Do outro, a tetracampeã Itália, com sua quarta estrela na camisa. Um confronto recheado de polêmicas.

Para os franceses, a revanche da decisão do Mundial e uma oportunidade de se firmar na liderança do Grupo B - venceu a Geórgia por 3 a 0. Aos italianos, uma chance de se reabilitar após o decepcionante empate contra a Lituânia, em casa, por 1 a 1, no sábado passado. “De agora em diante, nós temos de colocar na cabeça que, sendo campeões do mundo, todas as partidas serão muito competitivas e precisaremos jogar dessa maneira também”, disse o volante Gattuso.

Uma das preocupações dos jogadores da "Squadra Azurra" é o clima hostil que deverá enfrentar em Paris. “Sorte que os torcedores não entram em campo”, completou o jogador italiano. “Mas estamos acostumados com tudo isso”.

No lado francês, o zagueiro Lilian Thuram não perdeu a chance de provocar o adversário. Além de afirmar que a França é melhor, questionou se foi justa a conquista italiana. “Deveríamos ter ganhado aquela final. Não digo que foi um erro da história, mas, no campo, a seleção francesa foi melhor”, afirmou Thuram. “Para resumir: não ganhou o melhor naquele dia”.

Thuram, que deixou a Juventus para defender o Barcelona, também comentou sobre o duelo. “Eu sei que eles (italianos) esperam com impaciência esse jogo para mostrar que são ganhadores dignos, já que os pênaltis não demonstram superioridade”. Gattuso retrucou: “Quando perdemos a Eurocopa de 2000, não criamos toda essa polêmica. É verdade que estamos acostumados a ser maus perdedores, mas eles são mais ainda”.

Na França, as novidades na equipe em relação ao time vice-campeão mundial são o goleiro Coupet, na vaga de Barthez, e Saha, no lugar de Zidane. A Itália vem sem Luca Toni, que não foi chamado pelo técnico Donadini.

Outros jogos

Terceira colocada na Copa do Mundo, a Alemanha enfrenta a fraca seleção de San Marino. Na primeira rodada, os alemães bateram a Irlanda por 1 a 0. “Depois do Mundial, todos esperam que vençamos por cinco, seis gols de diferença. Mas as coisas não são tão fáceis assim, nem mesmo contra um adversário como San Marino”, disse o atacante Podolski, respondendo às cobranças para que a Alemanha vença por goleada.

A Holanda, após vencer Luxemburgo, 1 a 0, pega a Bielo-Rússia. Portugal, do técnico Luiz Felipe Scolari, estréia na competição contra a Finlândia, fora de casa. “Nosso principal problema é o estado físico dos jogadores. Agora vamos começar uma nova era, com novos jogadores”, disse o meio-campista Costinha.

 
 
Estadão

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA