Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Força Nacional irá fazer a segurança do Pan-2007

27 Out 2006 - 09h36
 

Inspirada nas Forças de Paz da ONU (Organização das Nações Unidas), a Força Nacional vai fazer a segurança da Vila do Pan e dos locais de disputa do evento, áreas de maior visibilidade da competição. A decisão foi anunciada ontem pelo secretário nacional da Segurança Pública, Luiz Fernando Corrêa.

A Força Nacional é uma tropa de elite formada principalmente por policiais militares e bombeiros. Foi criada há cerca de dois anos para atuar em situações de emergência. O Pan servirá como vitrine para a nova guarda, que já realizou ações no Espirito Santo e em Cuiabá. No total, cerca de 7.000 homens da entidade vão trabalhar no Rio durante a competição, na metade do ano que vem.

Com isso, a Polícia Militar do Rio vai se concentrar em ações na cidade. Pelo projeto operacional aprovado na terça-feira no Ministério da Justiça, a PM cuidará do policiamento ostensivo na cidade. "Os homens da Força Nacional terão um papel mais imobilizado. Eles precisam de muito tempo para ter autonomia na cidade. Por isso, decidimos aproveitá-los desta maneira", disse Corrêa, que será o coordenador do esquema de segurança do Pan-2007.

Atualmente, a Força Nacional conta com quase 8.000 integrantes. Eles são treinados na Academia Nacional da Polícia Federal, que inclui treinamento de combate com diversos tipos de armamentos, aulas sobre direitos humanos e também a chamada "instrução de nivelamento", que pretende unificar a forma de trabalho de bombeiros e policiais. Depois de formados, eles voltam a trabalhar nos seus Estados e retornam à Força Nacional quando convocados.

O plano de segurança do Pan vai começar em maio, dois meses antes da abertura do torneio. Grupos da Força Nacional chegarão na cidade neste mês e ocuparão a Vila Pan-Americana e as arenas que já estiverem prontas. Várias estão atrasadas.

Corrêa também anunciou ontem que 60% dos investimentos feitos em segurança pública no Pan ficarão no Rio. O governo federal vai investir cerca de R$ 380 milhões para, por exemplo, compra de 20 helicópteros e de mil viaturas.

 

 

Folha Online

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço