Menu
SADER_FULL
quinta, 6 de maio de 2021
Busca
Brasil

Estiagem deve terminar nos próximos dias em MS

17 Set 2004 - 16h37

Uma frente fria, formada na Argentina, deve chegar ao Mato Grosso do Sul até segunda-feira. A informação é do meteorologista, Natálio Abraão. “Em Campo Grande já são 51 dias sem chuva, na região sul são 61 dias e na região norte, 62, mas a estiagem deve acabar a qualquer momento”, afirmou o meteorologista.

Na manhã desta sexta-feira uma leve chuva atingiu bairros da região norte da Capital, na saída para Cuiabá. “A chuva atingiu pontos isolados, e não foi suficiente para baixar a poeira”, explicou Abraão. A chuva atingiu as cidades de Sonora, Pedro Gomes e São Gabriel do Oeste.

O meteorologista explicou ainda que a frente fria, esperada para o início da semana, deverá trazer instabilidade apenas para Campo Grande e para a região sul do Estado. “Amanhã o dia será nublado, com possibilidade de chuva a tarde, e no domingo aumenta a nebulosidade. A tendência é que a frente fria venha acompanhada de mais nuvens provocando chuva”, afirmou.

No ponto de observação meteorológica da Embrapa/Inmet, a umidade relativa do ar registrada na Capital, é de 36%. A temperatura máxima deve chegar aos 31 °C e a mínima deve ser de 20 °C, sendo que está em 28 °C, neste momento.

 

 

RMT Online

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo
VIOLAÇÃO
Vereador abre caixão para provar que idoso não morreu de covid; assista