Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Dólar fecha a R$ 1,71; Bovespa ganha 1,98% e mantém 67 mil pontos

19 Out 2009 - 16h53Por Folha Online

O dólar comercial foi negociado por R$ 1,713 para venda, em alta de 0,29%, nas últimas operações desta segunda-feira. Os preços da moeda americana oscilaram entre R$ 1,722 e R$ 1,705. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi cotado por R$ 1,820, acréscimo de 0,55%.

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) sobe 1,98%, aos 67.511 pontos. O giro financeiro é de R$ 8,88 bilhões (inflação pelo vencimento de opções). Nos EUA, a Bolsa de Nova York valoriza 1,09%.

Profissionais de mercado avaliam que os negócios ainda refletiram, parcialmente, as notícias sobre uma possível taxação de operações de curto prazo no mercado financeiro. Mas sem maiores detalhes, a notícia teve impacto limitado.

No sábado, reportagem da Folha apontou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já autorizou a equipe econômica a redigir uma medida provisória para implementar a tributação sobre a entrada de capital estrangeiro. O Planalto não confirma a notícia.

"Achei até que o o mercado até poderia amanhecer um pouco estressado por causa disso, mas não foi o que ocorreu. O que mexeu mesmo com os negócios foram as declarações do Bernanke, mais otimistas sobre a economia americana, o que ajudou o mercado a melhorar. Essa alta no período da tarde pode ter sido por conta de alguma operação mais específica", avalia Glauber Romano, da mesa de operações da corretora Intercam.

O presidente do Federal Reserve (banco central dos EUA, Ben Bernanke, fez um apelo hoje para que o país comece a cuidar do deficit público (na casa do US$ 1,4 trilhão) para evitar desequilíbrios "insustentáveis" na evolução da econonomia. O mercado viu a declaração como mais um recado de que o momento de "apagar o incêndio" já passou e que está na hora de "arrumar a casa" (as contas públicas).

Juros futuros

O mercado de juros futuros, que regula o custo do dinheiro nos bancos, elevou as taxas projetadas para operações de prazo mais longo.

No contrato que aponta as taxas para janeiro de 2010, a taxa prevista subiu de 8,65% ao ano para 8,67%; e no contrato de janeiro de 2011, a taxa projetada avançou de 10,43% para 10,48%. Essas taxas ainda podem sofrer ajustes.

Leia Também

BAIXA RENDA
Auxílio Gás: governo libera o pagamento no valor de R$ 52
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem um aumento e registra 351 mortes em 24 horas
OMICRON
Brasil dobra contágio nas 24h e registra 74,1 mil novos casos de covid-19 e 121 mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Carne e Sangue como nós
ABUSO SEXUAL
Meninas escutam mãe contando de abuso sexual e fazem relato chocante sobre tio-avô
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG