Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 4 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
EDUCAÇÃO

Detentos do Estado obtêm índice de 75% de aprovação no Enem

19 Jun 2010 - 05h49Por Notícias.MS

Resultado referente ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acaba de ser divulgado pelo Ministério da Educação, aponta um índice de 75% de aprovação entre os internos do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul que realizaram a prova no início deste ano.

 

          Dos 274 reeducandos que realizaram a prova, 206 conseguiram alcançar a média para aprovação. Os internos foram avaliados em cinco áreas do conhecimento: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática e Redação.

 

          Conforme a Divisão de Educação da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), o resultado foi divulgado posteriormente aos dos demais estudantes porque os reeducandos de todo o País realizaram as provas um mês após a aplicação dos exames para o público geral, ocorrendo um atraso na divulgação do relatório.

 

          A diretora da Escola Estadual Pólo “Regina Anffe Nunes Betine”, Regina Lúcia Salles, explica que os internos aprovados que ainda não haviam concluído o Ensino Médio automaticamente conquistam o certificado de conclusão, entre outros benefícios. “Todos os aprovados que já estiverem em liberdade podem disputar uma vaga na universidade e concorrer ao Prouni [Programa Universidade para Todos]”, diz.

 

          Regina atribui o bom resultado ao ensino oferecido nas escolas instaladas nas unidades penais e à capacidade intelectual dos internos. “Dentro das unidades penais existem muitas mentes brilhantes que precisam ser canalizadas no sentido positivo; o Enem e o Encceja [Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos] são janelas para que essa capacidade apareça”, constata. “Uma interna que concluiu o ensino médio no feminino da Capital, e que agora está em regime domiciliar, por exemplo, alcançou 75 pontos em redação, uma nota muito alta; tivemos notícia que ela pretende cursar uma faculdade de Direito”, conta.

 

          Para a supervisora da Divisão de Educação da Agepen, Elaine Arima Xavier Castro, o oferecimento da educação nas unidades penais é uma importante ferramenta para a reinserção social. “Tratamento penal é isso, dar oportunidade para que as pessoas tracem novos caminhos quando saírem da prisão”, destaca.

 

          De acordo com a supervisora, este ano novamente o Enem deverá ser aplicado nas unidades penais do Estado. O período de inscrições para o exame, conforme calendário divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vai de 21 de junho a 9 de julho. As provas serão aplicadas nos dias 6 e 7 de novembro.

 

 

 

          Atualmente, nas unidades penais do Estado, 918 internos estudam pelo sistema Educação de Jovens e Adultos (EJA), distribuídos nos ensinos fundamental e médio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÃO MUNICIPAL 2020
Campanha eleitoral de 2020 deve ser proibido comícios e aglomerações
MORTES POR COVI-19
Mãe e filha morrem vítimas da Covid-19 em intervalo de três dias
PREVENÇÃO COVID 19
Giovanna Antonelli viraliza ao mostrar truque para evitar contaminação
FEMINICÍDIO
Marido é preso após matar mulher asfixiada e na fuga causa acidente de carro e deixa 08 feridos
BORA PRA BONITO - MS - REABERTO
Hotel Águas de Bonito reabre com segurança e estrutura proporcionada para o aconchego em Bonito (MS)
BRASIL - 62.045 MORTES
Brasil passa de 62 mil mortes pelo novo coronavírus
COISA MEDONHA
Homem quebra túmulo e é visto dançando com o corpo da avó
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Exército abre seleção com vagas temporárias para MS e salários de até R$ 7,5 mil
FÁTIMA DO SUL - NOSSOS ANJOS DA GUARDA
Guerreiros de Fátima do Sul fazem semana de prevenção contra incêndio, hoje é dia do BOMBEIRO
BRASIL 60 MIL MORTES
Brasil tem 1.456.969 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h