Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Delcídio recebe o apoio de lideranças no interior

20 Jul 2006 - 15h55
 

O candidato ao governo do Mato Grosso do Sul pela coligação "Um Novo Avanço para Mato Grosso do Sul”, Delcidio do Amaral, recebeu no final da tarde desta quarta-feira, 19, o apoio público do prefeito Juneir Marques (PDT), de Antônio João, município na fronteira com o Paraguai.

O governador Zeca do PT, presente no evento, encerrou o ato político afirmando que as obras realizadas por seu governo em Antônio João têm importante papel social e econômico, na medida em que promove a integração física e possibilita o acesso e a aproximação entre os municípios, como forma de gerar emprego e renda para minimizar a pobreza.

Em Bela Vista, durante visita a 35ª Expobel, Delcídio destacou a importância estratégica da região de fronteira para Mato Grosso do Sul, como corredor para o desenvolvimento econômico e cultural.Segundo ele, o asfaltamento da rodovia Transfronteira, que interliga a região de fronteira com o Paraguai, levará desenvolvimento para mais de 15 municípios e será um marco importante na integração e no desenvolvimento econômico de todo o Mato Grosso do Sul.

A obra será executada com recursos do Fonplata e terá investimento de US$ 28 milhões para pavimentação de 227 quilômetros, de Sete Quedas a Ponta Porã, passando por Paranhos, Coronel Sapucaia e Aral Moreira.

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro