Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Criadora do “papacárie” ministra palestra em Campo Grande

28 Out 2009 - 16h13Por Fátima News, com Assessoria

Pesquisadora falará sobre a utilização de gel à base da papaína (do mamão) na remoção de cáries

 



A professora universitária, pós-doutora em Pediatria e doutora em Odontopediatria Sandra Kalil Bussadori estará em Campo Grande na próxima sexta-feira (30), às 14h, para ministrar a palestra Saúde Bucal
Indígena – o uso do papacárie na técnica minimamente invasiva. A capacitação integra a programação do 2° Congresso Internacional de Odontologia de Mato Grosso do Sul, que será realizado no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo entre os dias 29 e 31 de outubro.
 
Foi por acaso, durante uma conversa informal com a farmacêutica Márcia Miziara, que surgiu a idéia da criação de um gel à base de papaína (enzima encontrada no mamão), que amolece a dentina cariada, facilitando sua remoção. Sandra comentou que sua mãe havia lhe dito que a papaína amolecia a carne. Foi o ponto de partida da pesquisa, que, três anos depois, resultou no gel Papacárie, aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e lançado em 2003.
 
“O objetivo é que o papacárie possa ser utilizado em larga escala, especialmente no Brasil, mas isso ainda não acontece, principalmente porque a empresa que fabrica e comercializa o gel é pequena e o Brasil é um país extremamente grande”, explica Sandra.
 
Atualmente, o gel é o único produto nacional disponível para a remoção químico-mecânica de dentina cariada – há ainda o Carisolv, de origem sueca. Além de tornar desnecessário, na maioria das vezes, o uso da anestesia, o gel brasileiro age exclusivamente sobre a cárie.

 

Segundo a pesquisadora, os benefícios do gel são verificados principalmente em lesões profundas de cárie, onde exista uma grande destruição, já que o produto proporciona o amolecimento do tecido infectado associado à utilização de instrumentais sem corte. Ela também ressalta como pontos positivos a ação local cicatrizante da papaína e a ausência de contraindicações. “Podemos fazer mutirões para atendimentos em bebês, pacientes com necessidades especiais, pacientes fóbicos, crianças, idosos e pessoas que moram em comunidades ribeirinhas”, afirma.
 
Sandra defende o uso do gel inclusive nos atendimentos prestados em locais de difícil acesso. “É uma ferramenta com resultados excelentes em termos de custo/benefício e ajuda muito em lesões extensas; os pacientes ficam mais felizes e tranquilos”, conclui.

 

Serviço

 

O 2º Congresso Internacional de Odontologia de Mato Grosso do Sul, que tem como tema central “Odontologia para todos: uma questão de cidadania”, é uma realização da Associação Brasileira de Odontologia seção de MS (ABO/MS) em parceria com o Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul, o Conselho Federal de Odontologia, a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Sindicato dos Odontologistas de MS (SIOMS). Outras informações sobre o evento e a programação completa podem ser obtidas no site: www.cioms2009.com ou pelo telefone 67 3383-3842.

 

Leia Também

COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19