Menu
BANNER IMPRESSORAS
domingo, 14 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
GLÓRIA DE DOURADOS

Creas realiza blitz contra a violência à mulher em Glória de Dourados

13 Out 2010 - 09h37Por Demerval Nogueira / Fátima News

O Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SASC), conjuntamente com o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Polícia Militar, Polícia Civil e os acadêmicos do curso de serviço social da Anhanguera/Uniderp realizaram na Avenida Presidente Getúlio Vargas, centro da cidade, uma blitz com o objetivo de mobilizar a população gloriadouradense sobre a importância de se combater qualquer tipo de violência contra as mulheres, seja física, psicológica, sexual, institucional, entre outros.

 

 

Dezenas de pessoas trabalharam na blitz e também na panfletagem, sendo monitorados pela coordenadora do Creas, assistente social Ana Paula de Andrade, psicóloga do Creas, Isloany Dias Machado e a assistente social do centro de referência, Érika Carneiro de Souza. O trabalho teve mais de três horas de duração, sempre com o amparo dos policiais militares e civis, inclusive com a presença do delegado da Delpol, Dr. Adilson Stiguivitis de Lima.

 

 

Ana Paula destacou a importância da conscientização, “este trabalho tem por objetivo específico conscientizar a população de forma em geral, principalmente as mulheres, notadamente aquelas que sofrem abusos em seus próprios lares”, disse a coordenadora do Creas ressaltando ainda, “é necessário que todas as mulheres que sofrem com diferentes tipos de violências tenham a coragem necessária de prestar queixas ou proceder às denúncias, pois somente desta forma podemos inverter este quadro”, finaliza.

 

 

Também presente durante todo o tempo na blitz e panfletagem, o vice-prefeito Geraldo Denadai, bem como, a secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, assistente social Mary Solange Bega, que destacou a importância do trabalho e agradeceu a participação efetiva de todos, de forma especial à corporação da PM, comandada pelo Sgtº. Carlos Rios e o efetivo da Policia Civil, na pessoa do delegado Dr. Adilson Stiguivitis de Lima.

 

 

A violência contra a mulher é uma atitude deplorável e deve ser denunciada. O Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) é o local mais indicado para receber queixas ou denúncias de mulheres que sofrem maus tratos. É o local onde a mulher encontra atendimento jurídico e psicossocial, além de toda a atenção necessária. Bateu, errou! Quem bate na mulher machuca a família inteira. Diga não a violência contra a mulher, ligue 3466-1985.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas