Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Corinthians fecha novo patrocínio por R$ 7 milhões

24 Fev 2010 - 14h31Por Terra

O Corinthians fechou o acordo de patrocínio com o banco PanAmericano para a barra da camisa, equivalente ao calção por R$ 7 milhões. O patrocínio é anual e começa a vigorar a partir desta quarta-feira, 24 de fevereiro na partida da Copa Libertadores da América.

O espaço era a única parte do uniforme corintiano que não "pertencia" à Hypermarcas, que já estampa a marca Neo Química Genéricos no peito, Bozzano nas mangas, Avanço nas axilas e Assim nas omoplatas.

O Banco BMG e a Telhanorte, empresa do setor de construção, também concorriam para ocupar a barra da camisa corintiana.

O banco, que pertence ao grupo Silvio Santos, já havia patrocinado o Corinthians na última temporada, no mesmo espaço que ocupará agora.

O acordo com a Hypermarcas, patrocinadora principal do clube, foi fechado em R$ 38 milhões - cerca de R$ 3 milhões a R$ 9 milhões em ações de marketing e premiações para os jogadores, tornando-se o maior patrocínio de um clube brasileiro.

Dos R$ 38 milhões, cerca de R$ 12,5 milhões serão de Ronaldo. Ou seja, R$ 25,5 milhões iriam para os cofres do Corinthians.

O contrato vai de 1º de fevereiro até dia 31 de março de 2012. No próximo ano, porém, os valores poderão ser rediscutidos.

Leia Também

# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 10,3 mil casos e 284 mortes em 24 horas