Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 15 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

Com neutralidade de Marina, PV se antecipa e faz ato pró-Serra

15 Out 2010 - 13h28Por Folha Online

O esperado anúncio da neutralidade da candidata derrotada Marina Silva no segundo turno e a iminência da liberação, pelo PV, do caminho a ser seguido por seus diretórios estaduais levaram um grupo capitaneado por Fernando Gabeira (RJ) e Fábio Feldmann (SP) a marcar para segunda-feira um ato público em São Paulo no qual será referendado apoio de parte dos verdes a José Serra.

Segundo o "Painel" da Folha, editado por Renata Lo Prete (íntegra somente para assinantes do jornal e do UOL), o argumento a justificar o acordo é a observância dos dez pontos programáticos apresentados pelo partido e a promessa de cooperação tucana no embate que se avizinha no Congresso em torno da votação Código Florestal.

Os "marineiros" pró-Serra dizem reunir 70% do PV.

Oficialmente, o partido tomará a decisão de apoio a um dos candidatos ou de neutralidade no próximo domingo, durante convenção nacional do partido.

Terceira colocada no primeiro turno com cerca de 20 milhões de votos, Marina virou alvo de disputa entre Dilma Rousseff (PT) e Serra para um apoio neste segundo turno.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas