Menu
SADER_FULL
segunda, 8 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Cigarro mata cinco pessoas por semana em MS

1 Jun 2011 - 14h42Por Diário MS

Ontem, dia 31 de maio, foi celebrado o Dia Mundial sem Tabaco. Em Mato Grosso do Sul, somente no ano passado 278 pessoas morreram em decorrência de câncer nos brônquios e pulmões, doenças agravadas, e até mesmo causadas pelo consumo do cigarro.

E sste número vem aumentando no Estado. Somente no primeiro trimestre deste ano, 107 pessoas morreram por conta de doenças associadas ao tabagismo, número 54% maior do que a média para o mesmo período no ano passado, de acordo com levantamento feito pelo Programa de Prevenção Primária de Câncer/Tabagismo da Secretaria Estadual de Saúde.

Somando as mortes de 2010 com as registradas nos três primeiros meses deste ano, o Estado atinge uma média de cinco óbitos por semana provocados pelo cigarro. “Todo ano fazemos na capital uma pesquisa por telefone, o vigitel, e o que temos percebido é que cada vez mais adolescentes e jovens acima de 18 anos fumando mais e os adultos deixando de fumar. Quando a pessoa atinge 25 anos, já começa a procurar ajuda”, afirma Albertina Martins de Carvalho, gerente do programa.

Apesar dos homens serem maioria entre os fumantes, as mulheres são as que começam a fumar mais cedo, de acordo com o Vigiescola, um levantamento feito programa entre 2009 e 2010. Nele foi constatado que os meninos tem começado a fumar a partir dos 15 anos, já as meninas a partir dos 11 anos.

O dado é preocupante porque as meninas estão mais suscetíveis a contrair doenças em decorrência do tabagismo. “Alia-se anticoncepcional precocemente, com bebida e cigarro, o que é muito prejudicial para a saúde feminina”, afirma Albertina. Com o passar dos anos a preocupação dos efeitos do cigarro no corpo das mulheres só aumenta.

“As mulheres, quando chegam à faixa de 45 a 60 anos, estão entrando na menopausa e podem ter outros transtornos como sangramentos indesejáveis. Então tem que ter o cuidado redobrado com o câncer de mama, e principalmente com o de colo de útero, em que o tabagismo é algo muito agravante”, afirmou a gerente.

De acordo com ela, as mulheres fumantes têm uma responsabilidade ainda maior. “A mulher traz a lembrança carinhosa, de lar, aos filhos e eles acabam associando isso. As crianças acabam aprendendo a fumar vendo os pais, principalmente a mãe”, afirma Albertina.

DOURADOS

Em Dourados, nos primeiro trimestre deste ano 85 pessoas iniciaram o tratamento para deixar o cigarro, nos três Nass (Núcleo de Apoio à saúde da Família) que existem na cidade. Destas, 73 deixaram de fumar, as outras desistiram do tratamento. A maioria dos fumantes que procuram o núcleo tem acima de 25 anos.

O atendimento é para todos os fumantes da cidade e fornecido gratuitamente em pontos estratégicos do município, nos postos de saúde da Seleta, do bairro Santo André e da Vila Rosa. Cada equipe é coordenada por uma psicóloga e tem ainda assistente social, nutricionista e fisioterapeuta.

Segundo Daniela Bitencourt Gripp de Oliveira, nutricionista do Nass 1, que fica no posto da seleta, o consumo de café e álcool é muito associado ao tabaco. “A alimentação interfere no hábito de fumar. Então, a gente dá orientações, para que eles prefiram alimentos mais saudáveis, como frutas”, esclarece.

BRASIL

No país, a estimativa é de que a cada ano 200 mil morram em decorrência do tabagismo, de acordo com divulgação do Inca.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA E COMOÇÃO
Vitimas da Covid-19, pai e filho são sepultados no dia
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: valores serão de R$ 175, R$ 250 e R$ 375, diz Guedes
SOS MATO GROSSO
Mato Grosso anuncia colapso e pede socorro, mas estados dizem que não têm vaga para ajudar
ELEGIVEL
Fachin anula condenações de Lula e petista volta a ser elegível
100 CONTROLE
Petrobras aumenta preços e gasolina pode atingir R$ 6 em Campo Grande
100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos