Menu
SADER_FULL
quarta, 8 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Caminhoneiros turcos suspendem serviços no Iraque

2 Ago 2004 - 16h08
Caminhoneiros turcos anunciaram hoje a suspensão de grande parte dos serviços de abastecimento às forças americanas no Iraque, depois da execução de um colega por seqüestradores pertencentes a um grupo islamita.

A Associação de Transportadores Internacionais (UND), que afirma representar 873 das 900 empresas turcas especializadas em transporte, anunciou em comunicado a interrupção imediata das entregas para unidades militares americanas no Iraque, depois da execução de um cidadão turco que havia sido seqüestrado.

"Tendo em vista a atual situação, foi decidida, a partir de hoje, a suspensão de qualquer entrega para as unidades americanas baseadas no Iraque".

"Há que se destacar que a segurança e a estabilidade não estão garantidas. Diante dos recentes acontecimentos, a UND decidiu suspender os fretes que tenham como destino bases americanas no Iraque", diz o comunicado.

De acordo com as declarações do presidente da associação, Cahit Soysal, os fretes destinados às forças da coalizão representam cerca de 5% do total do transporte destinado ao Iraque.

A suspensão do serviço foi decidida depois da morte de um cidadão turco, empregado de uma empresa de comida rápida, que teve a execução filmada pelos seqüestradores. Foi o primeiro refém turco assassinado no Iraque.

Sites islamitas divulgaram um vídeo pela internet mostrando a vítima. Murat Yuce foi executado com três tiros na cabeça por seus captores, supostamente ligados ao grupo terrorista do jordaniano Abu Mussab Al-Zarqaui.

O assassinato de Murat Yuce foi confirmado pelas autoridades e pela empresa para a qual trabalhava, a Bilintur, especializada em serviços de hotelaria e alimentação.

Um texto lido por um dos seqüestradores dizia que "o infiel" turco seria executado porque seu país não colaborou com os avisos de interromper "toda a ajuda ao invasor" americano no Iraque.

Outros turcos haviam sido seqüestrados no Iraque anteriormente, mas foram libertados em pouco tempo por causa, sobretudo, da intervenção do governo da Turquia, que fez contato com personalidades iraquianas influentes. Pelo menos dois caminhoneiros turcos estão atualmente nas mãos de seqüestradores.

Um diplomata americano disse em Ancara que não sabia qual era exatamente a quantidade de unidades de serviço turcas usadas pelas forças americanas para transporte, mas estimou que se trata de "um número considerável".

 

AFP

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem