Menu
SADER_FULL
quinta, 22 de abril de 2021
Busca
Brasil

Câmara da Mandioca distribui mudas de nova variedade em MS

2 Set 2004 - 10h43

No dia 5 de outubro, a Uniderp (Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal) e a Embrapa, durante a 18ª reunião periódica da Câmara Setorial da Mandioca de Mato Grosso do Sul, vão distribuir amostras da variedade IAC 576 da raiz. Essa será a primeira vez que mudas da nova variedade serão distribuídas depois de três anos de testes. A reunião acontece na Fazenda Escola da Uniderp, na Avenida Trás Barras, às 10h30.

A Câmara Setorial da Mandioca é formada por representantes de 21 entidades ligadas ao ensino, pesquisa, governamental e não governamental, e foi organizada para propor políticas públicas e fomentar o desenvolvimento do setor em Mato Grosso do Sul. A cada mês os integrantes se reúnem em uma das entidades participantes para prestigiar o parceiro. O último encontro aconteceu hoje, primeiro de setembro, na sede do Sebrae/MS, na Avenida Mato Grosso.

A variedade IAC 576 de mandioca amarela de mesa, explica o coordenador do curso de agronomia da Uniderp, Celso Martins, foi criada pelo Instituto Agronômico de Campinas e testada pela Fazenda Escola da Uniderp em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa/Dourados) durante três anos.

A IAC 576 é, até o momento, a variedade com maior produtividade já testada em Mato Grosso do Sul. A safra pode chegar a 23 toneladas por hectare enquanto que outras espécies variam de 15 a 16 tonelada/hectare.

Celso Martins reforça que existem inúmeras variedades de mandioca sendo plantadas no Brasil, mas somente duas são recomendadas para plantio em Mato Grosso do Sul: a Paraná e a IAC 576. Cada produtor que comparecer a reunião da Câmara em outubro vai ganhar amostras da nova variedade suficiente para dar início ao seu viveiro de mudas.

Durante a 17ª reunião da câmara, realizada no Sebrae/MS, os integrantes deram início aos preparativos para 11º Congresso Nacional da Mandioca. A previsão é que o evento aconteça de 25 a 28 de outubro de 2005, no Palácio Popular da Cultura, em Campo Grande. A expectativa é de atrair empresas ligadas ao ramo da produção, colheita e distribuição do produto em todo o Brasil e 1,2 mil visitantes por dia, maioria produtores rurais e pesquisadores.

 

Mídia Max News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19