Menu
SADER_FULL
quarta, 28 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Bolo causa mal estar em 30 pessoas em Amambai

13 Mar 2007 - 09h58
Cerca de 30 pessoas entre adultos e crianças passaram mal e acabaram hospitalizadas após comerem bolo em uma festa de aniversário nesse final de semana em Amambai.

Durante a festa, que aconteceu no final da tarde desse domingo, 11, na Vila Monte Cristo, teria sido servido refrigerante e um bolo de fabricação caseira aos convidados.

Por volta das 20h as pessoas que estavam na festa começaram a passar mal e pelo menos trinta delas acabaram parando no hospital com vômito, dor de barriga e dores abdominais.

A Secretaria de Saúde da Prefeitura e a Assistência Social de Amambai foram acionadas para prestar auxilio e as pessoas, todas com sintomas semelhantes, foram divididas entre o Regional de Amambai e Hospital Santa Joana aonde algumas chegaram a permanecer em observação médica até a manhã dessa segunda-feira.

Um pedaço do bolo que supostamente teria sido o responsável pela intoxicação coletiva, foi coletado para a realização de exames laboratoriais e tentar descobrir que tipo de agente provocou a moléstia nas pessoas.          

 

A Gazeta News



Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSEDIO SEXUAL
Dono de loja é preso por estuprar jovem na entrevista de emprego
100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio
ASSALTANTES
Apresentador da Record sequestrado é achado em RR teve braços quebrados e amarrados
BRASIL - 157.397 MORTES
Brasil tem mais 263 mortes e 15.726 novos casos de covid-19
ALIVIO NO BOLSO
Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir desta terça (27)
BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo
BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto