Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Após seis dias, bancários encerram greve em Dourados

10 Out 2006 - 17h46

Os mais de 300 bancários de Dourados decidiram, durante assembléia encerrada há pouco, finalizar a greve que durava seis dias. Eles aceitaram a proposta oferecida pela Fenaban na manhã desta terça-feira, onde a categoria dos banqueiros ofereceu um reajuste salarial de 3,5%, considerada pelos bancários como de aumento real.

A federação ofereceu ainda 80% na participação nos lucros e resultados, um salário fixo de R$ 823 e ainda um salário de R$ 1000 à R$ 1.500 entre os bancos que tiverem um resultado acima de 15% aos lucros do ano passado. O presidente do Sindicato dos Bancários de Dourados e região, João Simionni, disse que a Fenaban tinha condições de oferecer um reajuste melhor.

"Ainda não é a proposta que a classe merecia mas a luta foi justa. A Fenaban tinha condições suficientes para atender a reivindicação inicial que era de 7,05%. Conseguimos pelo menos uma aumento real de salário", disse, completando que as atividades dos servidores retornam normalmente na sexta-feira em virtude dos feriados de amanhã e quinta-feira.

 

 

Mídia Max

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro