Menu
CÂMARA VICENTINA SETEMBRO
quinta, 19 de setembro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
ELETROCUTADA

Estrela do pôquer mundial é encontrada morta aos 26 anos com secador de cabelo

Lilya estava nua, e não havia sinais de violência. Suspeita-se de um acidente doméstico.

12 Jul 2019 - 12h04Por Portal do Holanda

A estrela do pôquer russa Lilya Nokikova foi encontrada morta, aos 26 anos, no banheiro da sua casa, na quarta-feira (10).

Conforme a polícia, Lilya estava nua, e não havia sinais de violência. Suspeita-se de um acidente doméstico. Para a polícia, a principal suspeita é que ela tenha sido eletrocutada durante o uso de um secador de cabelos.

O corpo foi encontrado por um vizinho após os pais acionarem o alarme do local, à procura dela. O caso será investigado para confirmar as causas do acidente.

Apelidada de "Liay5" na internet, a russa era famosa no e-sports e na comunidade online de jogos, fazendo transmissão de pôquer. Ela chegou a fazer parte do PokerStars Team Pro e depois aderiu ao Twitch, ficando famosa como streamer.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMIGO FIEL
Cachorro é flagrado ao lado de homem morto com facada no pescoço, em MS
ATENTANDO EM ESCOLA NO MS
Em MS, Faxineira encontra bilhete de suposto atentado em escola; 32 alunos iriam morrer
ABUSO SEXUAL
Líder religioso é preso acusado de estuprar 14 adolescentes
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Maria da Paz e Amadeu salvam a vida de Chiclete após atropelamento
VICENTINA - CARRETA DA JUSTIÇA
Hoje em Vicentina 1ª Identidade será gratuita na Carreta da Justiça
DEODÁPOLIS - OPERAÇÃO CONTRA O TRÁFICO
Operação contra o tráfico de drogas tem apreensões de cocaína e maconha em Deodápolis
AFRONTA
Modelo brasileira posa nua e quase é presa na Coreia do Norte
VIOLENCIA
Em manhã com cinco mortos, menino lamenta não poder sair de casa
PROCURA-SE
Mãe de Fátima do Sul, desesperada, faz apelo nas Redes Sociais para que sua filha volte pra casa
VICENTINA - CARRETA DA JUSTIÇA
Em Vicentina 1ª Identidade será gratuita nesta 5ª feira, 19, na Carreta da Justiça