Menu
PASSARELA
quarta, 20 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Flutuando

Carille vibra com entrega e diz que Corinthians 'poderia ter feito mais'

"Esse grupo está mostrando que vai ficar o tempo todo em busca do melhor”, Carille.

13 Jul 2017 - 06h14Por ESPN

O técnico Fábio Carille sentou-se na cadeira da sala de coletivas dos visitantes do Allianz Parque, deu um suspiro e já olhou para os repórteres em busca da primeira pergunta. Questionado se não precisava de um tempo para “respirar” após a vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, na noite desta quarta-feira, o treinador disse já ter “respirado bastante” e elogiou muito o time pela entrega demonstrada diante do arquirrival.
“Vitória muito grande, equipe concentrada o tempo todo, cumprindo função com e sem bola, equipe muito determinada. Não só pelo resultado, mas pela atuação de todos. Não conseguia nem ver substituição, todos bem”, comentou o treinador, que considerou o triunfo como uma pouca diferença no placar com relação ao que foi apresentado dentro de campo.

“Podia até ser mais se a gente acertasse o último passe. Vitória muito grande, mostra que a gente está no caminho certo”, avaliou o comandante, que vê o Corinthians chegar aos 35 pontos conquistados de 39 disputados, podendo abrir até 11 na liderança da competição, a depender do resultado do embate entre Flamengo e Grêmio, nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Ilha do Urubu.
Mesmo contente pelo desempenho apresentado por seus comandados, Carille recusou-se a avaliar como “perfeita” a atuação. Para ele, há de se ressaltar o posicionamento e a dedicação, mas sempre haverá o que melhorar dentro de campo, mesmo para o líder da competição.

“Uma ótima atuação, no futebol não tem perfeição. Muito feliz com tudo, mas uma ótima atuação, não tem como ser perfeito. Todo mundo concentrado, todo mundo olhando para a bola”, observou, dizendo que já esperava um jogo de muitas bolas na área do Palmeiras, mesmo sem saber quem ia jogar.
“Vai ser um jogo de competição, vão jogar lá dentro da área sempre, esconderam escalação. Não me preocupei. Os jogadores vieram muito preparados primeiro para competir e depois para jogar futebol”, disse Carille, elogioso a cada um dos que entraram em campo.
“A gente sabe muito jogar sem bola. Ver o Jadson com 34 anos dobrando marcação com o Fagner. Tínhamos que trabalhar com 13 pontos de diferença, agora 16. O Palmeiras tinha que se atirar, e se atirou como se imaginava. Tudo que nós programamos, aconteceu”, continuou o técnico corintiano, sem esconder a surpresa com o alto nível da equipe.

“Eu estou surpreso desde as finais do Paulista, não é de hoje, não. Como o time jogou contra o São Paulo no Morumbi, depois fizemos um jogo consistente em Campinas, onde o Santos e o Palmeiras tinham sido derrotados. Surpreendente, sim, e esse grupo está mostrando que vai ficar o tempo todo em busca do melhor”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - DR. SHAPE
Dr. Shape Dourados terá café da manhã, bolão grátis para quem for assistir o jogo do Brasil na loja
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Onevan participa da entrega da reforma de escola reivindicada por ele ao Governo do MS
FÁTIMA DO SUL - COMEÇOU
Começa nesta segunda desafio Limit Academia com prêmio de R$ 1.000 reais e fim de semana em Bonito
VICENTINA - PESQUEIRO 7 BELLO
Vicentina: Caldo de peixe por conta do Pesqueiro 7 Bello na hora do jogo, antes tem delícioso almoço
FATIMA DO SUL
As vespera do jogo do Brasil Fátima do Sul entra no clima da Copa do Mundo
COPA DO MUNDO
Fifa investiga razões para 6 mil lugares vazios durante Uruguai x Egito
FÁTIMA DO SUL - NESTE DOMINGO
1ª Feijoada do Cupim acompanhada com 'Resenha do Samba' e jogo da seleção em Fátima do Sul
TERRORISMO
Estado Islâmico ameaça cometer atentado na Copa da Rússia
Brasil X Argentina
Moradores pintam rua de azul e branco no Piauí e vão torcer para Argentina na Copa