Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 21 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS

Reinaldo se reúne com diretor da Itaipu para discutir construção de ponte

A pauta do encontro será a construção da ponte entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta.

15 Mai 2019 - 07h42Por Campo Grande News

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai participar hoje (14), em Porto Murtinho, cidade que fica a 431 km da Capital, de um almoço com José Alberto Alderete Rodríguez, diretor-geral da Itaipu do Paraguai. A pauta do encontro será a construção da ponte entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta.

Esta obra representa para o governo estadual um passo essencial para a implantação da rota bioceânica, que tem a intenção de diminuir a distância, tempo e gastos com transporte de cargas para os países asiáticos, por meio do Oceano Pacífico. O projeto tem previsão de custo de R$ 75 milhões e a expectativa é que a ponte esteja pronta até maio de 2022.

Em março foi feita uma visita técnica no local onde será construída a ponte, que será feita pela Itaipu Binaconal, com recursos da participação paraguaia da usina hidrelétrica. A obra ficará cerca de dez quilômetros da zona urbana de Porto Murtinho. Houve uma força-tarefa para que os trâmites burocráticos fossem resolvidos ainda neste ano, para começar a obra.

O diretor da Itaipu Paraguai ressaltou que a obra será um marco para integração regional entre os países sul-americanos, lembrando que o projeto surgiu após 53 anos da ponte da Amizade, sobre o rio Paraná, que também foi liderado pela usina.

Além da ponte em Porto Murtinho, a Itaipu ainda vai construir outra entre Foz do Iguaçu (PR) e Presidente Franco (Paraguai), também orçada em US$ 75 milhões. A rota bioceânica começou a ser uma pauta fixa no desenvolvimento dos países, estando no planejamento da economia e logística.

Localização - Em Mato Grosso do Sul, a ponte será construída a à direita da zona urbana de Murtinho, a uma distância de 12 quilômetros da cidade brasileira e a 3,5 quilômetros de Carmelo Peralta. O acesso brasileiro demandará a construção de uma alça viária, a partir da BR-267, que liga a cidade ao restante do país.

Ela terá 680 metros, 12 metros de largura e uma passagem lateral para pedestres. O vão principal terá 380 metros, com mais 150 metros entre cada pilar e a margem mais próxima. Cada estrutura do tipo terá 95 metros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATIMA DO SUL - MOÇA BIJU
Moça Biju já é realidade em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - SEGUNDA DA LIMPEZA
Comece a semana muito bem com a SEGUNDA DA LIMPEZA do Mercado Julifran em Fátima do Sul
IDADE MINIMA
Reforma da Previdência: idade mínima pode ficar menor para professor
ALERTA AOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS
Em MS, Preço do etanol acompanha alta da gasolina e entra na mira do MP
VICENTINA - SHOW CONFIRMADO
Confirmado, Maiara e Maraisa é uma das atrações dos festejos do aniversário de Vicentina
BONITO - MS - DICAS AGÊNCIA ECO TOUR
Saiba mais sobre alguns dos melhores atrativos de Bonito (MS)!
100 GRANA
Sem crédito, pagamento do Bolsa Família para em setembro, diz Guedes
HOSPITAL DE CAARAPÓ
Hospital recebe doação de R$ 70 mil em equipamentos através da Vara do Trabalho de Fátima do Sul
UNIGRAN - DOURADOS - VESTIBULAR DE INVERNO
Vestibular de Inverno na UNIGRAN para Publicidade e Propaganda com inscrições abertas em Dourados
CONTRA REFORMA PREVIDÊNCIA
Categorias aderem a mobilização nacional