Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 17 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Williams espera contar com Ralf na Hungria

26 Jul 2004 - 15h11
Integrantes da equipe Williams admitiram que gostariam de ver o alemão Ralf Schumacher de volta às pistas rapidamente. Afastado por causa de fraturas em duas vértebras sofridas em um acidente no GP dos Estados Unidos, Ralf foi substituído pelo espanhol Marc Gené nos GPs da França e Inglaterra e pelo brasileiro Antonio Pizzonia na Alemanha.

Devido à inexperiência de Gené e Pizzonia, o diretor esportivo da BMW (fornecedora de motores da equipe), Mario Theissen, é um dos que pedem a volta de Ralf.

"Gostaria muito que Ralf voltasse na Hungria e, se isso for possível, com a autorização dos médicos, ele voltará. Eles (Gené e Pizzonia) estão sob pressão e vem sofrendo com isso. Eles sabem que é a única chance que têm e que devem ter um bom desempenho. Na Alemanha, Antonio (Pizzonia) estava ansioso para não errar na classificação e acabou sendo mais lento. Com certeza ele ficou desapontado com isso, mas na corrida fez um bom trabalho", disse Theissen.

Gené obteve apenas um décimo lugar na França e um 12º na Inglaterra, enquanto que Pizzonia foi o sétimo colocado na Alemanha, conseguindo dois pontos.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros