Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Urnas eletrônicas serão usadas pela quinta vez no país

29 Jul 2004 - 17h07
As urnas eletrônicas serão usadas pela quinta vez no Brasil nas eleições municipais deste ano. Desde 2000, todas as seções eleitorais do país estão equipadas com as urnas informatizadas. Neste ano, serão utilizadas 406 mil urnas em 360 mil seções espalhadas por todo o país.

O secretário de Informática do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Paulo Camarão, informou que, desta vez, os tribunais regionais decidiram que as urnas mais modernas serão distribuídas no interior dos Estados e as mais antigas ficarão nas capitais. “As urnas mais modernas, construídas recentemente, incorporaram uma tecnologia melhor. Então, elas serão mandadas para o interior, porque darão menor índice de problemas. As mais antigas ficam nas capitais onde a contingência é mais fácil”, explicou o secretário.

Para evitar as longas filas de eleitores na hora da votação, como as que ocorreram em 2002, o TSE desmembrou diversas seções. Na última eleição municipal (2000), existiam pouco mais de 330 mil seções, agora são 360 mil. De acordo com Camarão, nenhuma seção tem mais de 500 eleitores, inclusive em São Paulo, cidade com o maior eleitorado, 7,7 milhões.

O secretário acredita que não vai haver filas desta vez porque o processo será mais rápido, já que o eleitor terá de votar em apenas dois candidatos, um para prefeito e outro para vereador. Na última eleição, em 2002, o eleitor tinha de votar em seis cargos, ou seja, tinha de apertar no mínimo 25 teclas da urna. A partir do próximo domingo (1), a campanha que vai orientar os eleitores no uso da urna eletrônica começa a ser veiculada nas rádios e TVs do país.

Camarão disse, também, que as urnas terão teclas em braile para auxiliar os deficientes visuais, além de fones de ouvido que estarão disponíveis nas seções. Os eleitores com deficiências físicas e os idosos vão ser colocados em seções localizadas em locais de fácil acesso e térreos.

O secretário de Informática do TSE afirmou, ainda, que todas as seções vão funcionar como postos de justificativa. Está sendo estudada a instalação de postos adicionais em São Paulo e no Rio de Janeiro. Camarão acredita que, até o final do dia da eleição (3 de outubro), 90% das urnas estejam apuradas.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos