Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

TV o aparelho mais presente e chuveiro é o vilão no consumo

19 Abr 2007 - 05h39
 

O aparelho elétrico presente em mais domicílios no Brasil é a televisão, superando inclusive a geladeira, revela uma pesquisa sobre posse de equipamentos e hábitos de consumo de energia, divulgado nesta quarta-feira, dia 18, pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), da Eletrobrás.

 

A TV está em 97,1% das casas brasileiras, com uma média de 1,41 aparelho por residência, ou seja, em vários domicílios há mais de uma TV. A geladeira aparece em segundo lugar, presente em 96% das residências. Segundo uma das conclusões da pesquisa, o aparelho parece ter atingido a saturação no país.

 

A Eletrobrás está com estudos avançados com fabricantes de TV para estimular a eficiência energética na indústria de televisores por meio da concessão do Selo Procel, que certifica aparelhos que economizam energia.

 

A pesquisa identificou também que, apesar de existirem freezers em 23,2% dos domicílios, um quarto deles não estão mais sendo usados. "As pessoas descobriram, durante o racionamento de 2001, que não precisavam mais do freezer. A estabilidade dos preços fez com que eles se tornassem antieconômicos, pois gastam muita energia", analisou Vasconcelos.

 

 

Chuveiro

 

O chuveiro elétrico, presente em 73,1% das residências, ainda é o responsável pela maior fatia do consumo de energia de uma casa - 23,9% -, mas, após o racionamento de 2001, teve sua utilização diminuída para 22,9%. De acordo com a Eletrobrás, mais de 50% dos consumidores conhecem as outras formas de aquecimento de água, mas não se dispõem a deixar de usar o chuveiro elétrico.

 

A pesquisa foi realizada entre dezembro de 2004 e julho de 2006, em 18 Estados e 21 concessionárias, que representam 92% do mercado. Os dados analisados vieram de 14.413 questionários, a maior parte deles (9.847) respondidos por consumidores residenciais.

 

O trabalho custou US$ 1,42 milhão e foi financiado pelo Global Environment Facility (GEF), com repasse dos recursos feito pelo Banco Mundial (Bird), com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação