Menu
SADER_FULL
segunda, 25 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Rubinho chega em 3º no GP do Brasil de F-1 em Interlagos

25 Out 2004 - 07h57

Um jejum acabou, mas outro vai perdurar por mais um ano. O piloto brasileiro Rubens Barrichello, da Ferrari, chegou em terceiro lugar neste domingo no GP do Brasil de F-1, em Interlagos, e conseguiu seu primeiro pódio no país na história. O vencedor da última etapa do Mundial-2004 foi o colombiano Juan Pablo Montoya (Williams), seguido pelo finlandês Kimi Raikkonen (McLaren), resultado que contrastou com o domínio ferrarista no restante da temporada.

A escuderia italiana venceu 15 das 18 etapas, sendo 13 com Michael Schumacher e duas com Rubinho. Desde 1994, quando o próprio Barrichello chegou em quatro lugar, ainda pela equipe Jordan, nenhum piloto do país conseguia nem mesmo pontuar na corrida disputada em São Paulo - Felipe Massa, da Sauber, com um oitavo lugar, também contribuiu neste domingo para a queda do tabu.

Por outro lado, o Brasil segue sem ver um vencedor nacional em Interlagos desde que Ayrton Senna subiu ao lugar mais alto do pódio em 1993, pela McLaren. Rubinho, que nas nove corridas anteriores na capital paulista abandonou em todas, largou na pole position pela segunda vez consecutiva - no ano passado, teve com sair da prova devido a uma pane seca (falta de gasolina).

Apesar do início de final de semana perfeito - bateu o recorde do circuito de Interlagos tanto na sexta quanto no sábado, quando chegou à marca de 1min09s822 no pré-classificatório, e conseguiu a pole -, o brasileiro teve problemas no início da prova.

A chuva que caiu pouco antes do início da prova deixou a pista molhada para a largada, e maior parte dos pilotos optaram por pneus intermediários. Barrichello chegou a ser ultrapassado por Raikkonen já na primeira volta, mas recuperou a posição.

A partir da volta número quatro, os pilotos começaram a colocar pneus para pista seca, mas o brasileiro demorou para ir aos boxes e acabou perdendo muito tempo. Voltou na oitava colocação e conseguiu se recuperar ao longo da prova para chegar em terceiro, mas ficou longe de alcançar os primeiros colocados.

Massa cometeu o mesmo erro de Barrichello. Após fazer uma boa largada, chegou a assumir a ponto logo que Barrichello foi para a primeira parada. Mas também demorou para optar pelos pneus de pista seca e errou na estratégia.

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial por antecipação, terminou em sétimo lugar. Ele perdeu dez posições no grid por ter trocado o motor e o carro após um acidente nos treinos livres e largou apenas no 18º lugar.


Folha Online
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTRETENIMENTO - SAÚDE
Padre Fábio de Melo sofre da síndrome do pânico e fala como administra a doença
NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru