Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Rincón saiu devido à falta de vitalidade, diz Tite

15 Jul 2004 - 14h24

O técnico Tite havia assumido a responsabilidade pela dispensa de Rincón, mas só agora explicou o real motivo pela saída do jogador do Corinthians: falta de vitalidade. "Foram algumas impressões de quando acompanhávamos o trabalho. Faltou uma maior vitalidade, e é inevitável que isso aconteça com o tempo. E por ter também um número de atletas alto", afirmou, em entrevista ao Terra Esportes Show.

O treinador desmente o jogador e diz que a rescisão não foi sugerida pela diretoria. "Tenho uma vida dentro do futebol. Em nenhum momento, as pessoas do Corinthians pediram para eu tirar alguém do grupo. Falei diretamente com o Rincón pelo respeito que tenho por ele."

Tite, que agora respira aliviado após três vitórias consecutivas, aponta o Santos como favorito ao título brasileiro. "Eles mantiveram um conjunto, têm um elenco bem entrosado. É preciso ter elenco para ser campeão."

Por outro lado, o treinador corintiano diz que é muito cedo para falar de queda para a segunda divisão. "Eles mantiveram um conjunto, têm um elenco bem entrosado. É preciso ter elenco para ser campeão."

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat