Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Pronaf prevê R$ 116 mi à MS e lança 2 nova linhas de crédito

14 Jul 2004 - 10h18

Mato Grosso do Sul terá um aumento de 26% nos recursos do Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar), com previsão de R$ 116 milhões para atender 1,8 mil famílias este ano. A informação é do secretário nacional de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Walter Bianchini. Bianchini também aponta duas novas linhas de crédito que chegam ao Estado este ano.

A primeira é o Pronaf B, dirigida a comunidades indígenas e quilombolas, em que se pretende beneficiar até 2 mil famílias. Porém, esta é a que oferece o menor montante de recursos entre as cinco linhas do Pronaf, até R$ 1 mil por família, num total geral de R$ 2 milhões. Ela existia apenas no nordeste até o ano passado e agora foi nacionalizada.

A segunda nova linha é a que financia capital de giro para agroindústria, até R$ 5 mil para as individuais e até R$ 150 mil para as associadas. Valtecir Ribeiro de Castro, secretário estadual de Desenvolvimento Agrário de Mato Grosso do Sul, lembra que a maioria das 170 agroindústrias no Estado são de processamento de leite, para produção de queijo e doce de leite.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

OBESIDADE MORBIDA
Mulher de 230 quilos pede ajuda: ‘Está muito difícil minha vida’
EXECUÇÃO
Adolescente grávida tem residência invadida e executada com vários disparos
TATUAGENS
Influenciadoras ganham dinheiro exibindo tatuagens para fãs
TECNOLOGIA
Conheça o Xiaomi Mi Note 10, lançamento chinês com câmera quíntupla
Brasil
Chuvas causam deixam mais de 500 desabrigados
TECNOLOGIA - SE LIGA AÍ
Celulares pré-pagos de 17 Estados devem ser recadastrados até segunda-feira
MA FASE
Com gol de Messi, Brasil é derrotado pela Argentina e prolonga má fase
IDENIZAÇÃO
Justiça de São Paulo determina bloqueio de passaporte do ex-jogador Roberto Carlos
REVIRAVOLTA
Ex-governadora Rosinha vira doceira e evita falar de política: ‘Tudo deixa trauma’
FUTEBOL BRASILEIRO
Santos precisa se esforçar mais para evitar a perda de uma peça tão importante como Jorge Sampaoli