Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Promoção Social conclui curso de pintura em Jateí

12 Jul 2010 - 09h02Por Valéria Batista / Fátima News

Através da Secretaria de Assistência Social no município de Jateí houve conclusão do curso de pintura em tecido direcionado as beneficiadas do Bolsa Família da cidade, na intenção de aumentar a renda da familiar destas pessoas.

O curso teve duração de três meses envolvendo dez mulheres inseridas no programa social, com a instrutora Eunice da Silva. Este é um grupo de Convivência, onde as participantes têm a oportunidade de interagir entre elas trocando experiências, participando de diversas atividades além dos artesanatos, como palestras, dinâmicas e acompanhamento psicossocial com os profissionais do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Para o prefeito Arilson Targino este é mais um curso de suma importância. “Desenvolvemos diversos cursos, além da aprendizagem é algo que eleva a auto estima das mesmas”. Já a primeira-dama Secretaria de Assistência Social Mafalda Targino garante que os objetivos são aumentar a geração de emprego e renda das famílias inseridas em algum programa social.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros