Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Prefeito viabiliza rede de água para nova COHAB em Deodápolis

27 Ago 2007 - 06h03

O prefeito de Deodápolis Manoel José Martins “Manezinho” (PSDB), esteve reunido em seu gabinete na manhã desta sexta-feira (24), com Gerente de operação Massatoshi Azuma gerente de operação, Gerente de Comercial Antonio Wilson, Empresário proprietário da Usina Eldorado, Benedito Coutinho, Presidente da Sanesul , José Carlos Barbosa, Supervisor de Nova Andradina, Jair Ribeiro, Presidente da Câmara Valmir de Lima, Gerente da Sanesul de Deodápolis, Severino e Vitor Diretor Técnico da Sanesul, onde estudaram a viabilização da rede de água para o conjunto habitacional da usina dentro do município de Deodápolis. Logo após a reunião os empresários e demais autoridade, foram visitar pessoalmente o conjunto habitacional.

 

Estão sendo construídas 300 casas, destinadas ao quadro funcional da Usina Sulcroalcooleira Eldorado. A empresa mantém grande parte dos funcionários residindo em Deodápolis, inclusive, utilizando as agências bancárias do município para quitação da folha de pagamento. Também com terreno doado pelo município, no valor de R$ 110 mil, cuja área mede cinco hectares, juntamente com as obras de infra-estrutura, na primeira fase do projeto estão sendo construídas 154 casas, de 74 metros quadrados/cada. Além das moradias, o projeto do complexo habitacional prevê a construção de uma creche, área de lazer (salão de festas, quadra esportiva, pista de cooper e outras benfeitorias) e área comercial.

 

O prefeito de Deodápolis, Manoel José Martins (PSDB), em breve, abre nova frente habitacional no município, com a construção de mais um conjunto de casas populares. Recentemente, Manezinho esteve com o secretário de Estado de Habitação, Carlos Xavier Marun, em Campo Grande, juntamente com o vice-prefeito de Deodápolis, Paulo Roberto de Oliveira Paz (PFL), quando assinou convênio para a construção de 30 casas populares, desta vez, beneficiando famílias do distrito de Lagoas Bonita, com renda de até um salário mínimo.


Cada moradia, com área de 30,08 metros quadrados, está avaliada em R$ 12 mil; sendo R$ 6 mil com recursos do PSH, R$ 1,5 mil em contrapartida física, através do kit de materiais; e, R$ 4,5 mil de contrapartida do município. Segundo Manezinho, o município também é responsável pela doação do terreno e serviços de infra-estrutura, como terraplanagem e redes de água e energia elétrica. A obra deve iniciar no mês de abril, devendo ser concluída em tempo recorde. A Secretaria Municipal de Assistência Social é responsável pelo cadastramento e seleção das famílias beneficiadas.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília