SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 23 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
29 de Novembro de 2004 14h45

Policial se envolve em briga e jura empresário de morte

O capitão da PM (Polícia Militar) de Bataguassú, a 340 quilômetros de Campo Grande, Vanderlei Francisco da Silva foi um dos pivôs da violência registrada na noite de domingo na lanchonete “A Palhoça”, onde agrediu com um tijolo um homem chamado Ronaldo Mendonça e envolveu o grupo de amigos da vítima no episódio. O PM ainda acabou atropelando a jovem Andréia Barbosa. De acordo com informações policiais, o capitão não foi detido.
Segundo a Polícia Civil, no domingo por volta das 23horas o capitão da PM estava na lanchonete com um amigo. Numa mesa ao lado estava Mendonça com vários colegas. O grupo comemorava a vitória numa partida de futebol.
Uma viatura da PM parou no local e pediu para o amigo do capitão abaixar o volume do som de seu veículo, que estava estacionado. O capitão da PM aproveitou para pedir aos policiais para que dessem voz de prisão a um dos rapazes que estava com na turma de Mendonça, conhecido como Ceará.
A partir daí os ânimos começaram a ficar acirrados. Ceará foi levado para a delegacia. Um dos amigos de Mendonça, o empresário Pedro Romeu de Freitas, que estava no grupo, foi também até ao distrito policial para saber o motivo da prisão do colega.
De volta à lanchonete, o capitão foi até a mesa de Freitas para cumprimentá-lo e acabou sendo ignorado. Nesse momento houve uma discussão. O capitão da PM pegou um tijolo e acertou o rosto de Mendonça. Três colegas da vítima, inclusive o empresário, entraram em luta corporal com o capitão.
O policial conseguiu se esquivar e foi até seu veículo com uma arma na mão e começou a atirar. Mas, acabou sendo impedido por seu colega que segurou suas mãos e o os tiros foram disparados para o alto.
Na confusão, todos os clientes deixaram a lanchonete. O capitão entrou em seu carro e começou a perseguir o empresário e continuou a disparar.
Na avenida Aquidauana, em frente da agência do Bradesco, o policial acabou atropelando a jovem Andréia Barbosa, jogando-a contra um Fiat Uno. Andréia Barbosa foi levada às pressas para o hospital com escoriações no rosto e pernas.
O PM voltou ao local armado e anunciou que estava à procura do empresário o qual iria matar. Em Bataguassú, a informação é que o capitão está na cidade e não foi advertido pela corporação.
 
 
Campo Grande News
Comentários
Veja Também
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
REINO_MATRÍCULAS_2017
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Últimas Notícias
  
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.