Menu
SADER_FULL
quarta, 24 de abril de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Parreira confirma Ronaldo na seleção contra a Venezuela

7 Out 2004 - 15h43
O técnico Carlos Alberto Parreira viaja para Maracaibo nesta quinta-feira tendo solucionado a sua principal dúvida para escalar a seleção brasileira. O atacante Ronaldo não sentiu dores durante o treino desta quinta-feira e está confirmado para o ataque da equipe contra a Venezuela, neste sábado.

Reuters  
Ronaldo treina nesta quinta, não sente dor e joga contra a Venezuela no sábado
Ronaldo havia se apresentado ao técnico na última terça com problemas musculares em ambas as coxas. O jogador sequer chegou a disputar a partida do Real Madrid contra o La Coruña no último domingo.

Nesta quinta, no primeiro treino em que o artilheiro participou com os outros jogadores, Ronaldo esteve durante todo o tempo em campo e entre os titulares.

"Vou para o jogo 100%. Estou à disposição do treinador. Fiz todos os movimentos, não senti nada. Acho que a lesão está curada. Deu para tirar qualquer dúvida", afirmou Ronaldo. O atacante, porém, não se movimentou muito, fazendo poucas jogadas que lhe exigissem um esforço maior.

"Isso aconteceu porque ele está há dez dias sem treinar com bola. É natural e nós já sabíamos que ele teria condições de jogo", argumentou Parreira.

O trabalho desta quinta-feira foi dividido em duas partes. Na primeira, que durou cerca de 15 minutos, o técnico deu mais atenção ao posicionamento da defesa brasileira. Na segunda, os atletas disputaram um coletivo de 45 minutos, vencido pelo time dos reservas por 3 a 2.

Luís Fabiano abriu o placar aos 20 min, após receber passe de Adriano. Cinco minutos depois, Ronaldinho Gaúcho igualou o placar ao dominar a bola fora da área e chutar no ângulo de Júlio César. Aos 30min, Renato errou na saída e o ex-atacante do São Paulo fez o seu segundo após driblar o arqueiro Dida.

Em seguida, os titulares empataram mais uma vez. Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio; a bola rebateu em Lúcio e foi para o gol. Logo depois, Ronaldo fez o seu principal lance no treino. O atacante avançou pela esquerda, driblou o marcador, mas Júlio César defendeu seu chute.

No final, Luís Fabiano fez o seu terceiro e garantiu a vitória dos reservas. O jogador do Porto recebeu lançamento do meio-campista do Palmeiras Magrão e completou para o gol.

O treino desta quita foi observado pelos jogadores da seleção de futebol de 7 do Brasil, medalha de prata nas Paraolimpíadas de Atenas. A equipe, formada por atletas com paralisia cerebral, perdeu apenas uma partida -na final, para a Ucrânia, por 4 a 1.

No início desta tarde, a seleção brasileira embarca para Maracaibo. A partida contra a Venezuela será realizada às 22h deste sábado.

Se Parreira não mudar de idéia até sábado, o Brasil deve entrar em campo com Dida; Cafu, Juan, Roque Júnior e Roberto Carlos; Renato, Juninho Pernambucano e Zé Roberto; Kaká; Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo.
 
UOL Esporte

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMOÇÃO NAS REDES SOCIAIS
Morte de criança de 11 anos e de universitária em batida de carro causa comoção
IMAGENS FORTES
Homem se joga dentro de carro em chamas e morre após suposta traição da mulher
MENORES INFRATORES
Família de motorista de aplicativo rastreia carro e ajuda a desvendar crime bárbaro
POPULAÇÃO AGIU
Deficiente físico que vendia amendoim é assaltado
CAMPO BELO RESORT - PACOTE DIA DAS MÃES
Campo Belo Resort com pacote especial para Dia das Mães, confira e faça sua reserva
REVOLTANTE
Menina de seis anos que sumiu enquanto dormia é achada morta
100 GREVE
Governo fecha acordo com caminhoneiros e evita paralisação
CRÔNICA DA SEMANA
CRÔNICA DA SEMANA: 'Precisamos redescobrir o Brasil', por Luciano Gazola
CRUELDADE
Criança tinha o pênis amarrado com elástico e era torturada pelo pai e a madrasta
MORTE TRÁGICA
Adolescente de 13 anos morre após sofrer queda de bicicleta