Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Livro registra três décadas de criação e instalação do MS

13 Out 2010 - 09h14Por Notícias MS

 

O governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), lança no dia 27 de outubro o livro “Mato Grosso do Sul – Criação e Instalação”, que registra a história da divisão com depoimentos de personalidades que se tornaram personagens do processo de emancipação política.

Pouco mais de três décadas depois de Mato Grosso do Sul se tornar Estado autônomo, o trabalho documenta ricos exemplos de dedicação e desprendimento, herança de quem fez razão de viver a realização do sonho de progresso nessa região.

Desenvolvido através da Gerência de Patrimônio Histórico-Cultural da FCMS, o projeto tem coordenação de Deborah Passarelli Barros de Souza. O material lançado agora complementa o catálogo “Trajetória 30 anos”, produzido em 2007, por ocasião da celebração dos 30 anos de assinatura da lei de criação do Estado, em 1977. Instalado dois anos depois, Mato Grosso do Sul completa na próxima terça-feira (11 de outubro) 33 anos desde que foi criado, e 31 de efetiva instalação.

O presidente da Fundação de Cultura, Américo Calheiros, destaca que o livro faz uma importante reunião de informações na visão de quem foi copartícipe das ações divisionistas. “O governo tem um dever de registrar sua história. E, para nós, que estamos com tudo muito recente às nossas mãos, são pouco mais de 30 anos, é essencial fazer esse registro de todo o início da trajetória política, econômica, social, cultural”, afirma.

“A divisão era uma necessidade imperiosa de crescimento, de desenvolvimento. Cuiabá era 800 léguas daqui, sem comunicação e sem estradas”. (Wilson Barbosa Martins)

O catálogo reúne depoimentos de Afonso Simões Corrêa (membro da comissão especial para implantação do Estado), Flávio Benjamin Corrêa da Costa (membro da liga sul-mato-grossense), Gilka Martins (filha de Demósthenes Martins), Hildebrando Campestrini (presidente do Instituto Histórico e Geográfico), João Pereira da Rosa (primeiro reitor da UFMS), José Couto Vieira Pontes (juiz, escritor e um dos membros fundadores da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras), José Fontanilhas Fragelli (ex-governador de Mato Grosso), Maria da Glória Sá Rosa (pioneira na difusão das áreas da cultura e da educação), Marisa Bittar (historiadora), Ruben Figueiró (deputado federal na ocasião da criação do Estado), Tarsila Barros de Souza (artista plástica, membro da comissão para escolha dos símbolos de Mato Grosso do Sul), Wilson Barbosa Martins (ex-governador) e também de Heliophar de Almeida Serra, Eduardo Contar Filho, Jorge Antônio Siufi, entre outros relatos.

Documentos históricos

Além dos capítulos dedicados aos depoimentos, “Mato Grosso do Sul – Criação e Instalação 30 anos” revive os acontecimentos através de documentos históricos e fotografias. A reprodução de panfletos e convites de passeatas, a posse de Harry Amorim Costa como primeiro governador, a instalação da Assembleia Legislativa, a festa popular a bordo de Chevettes e Brasílias na tranquila rua 14 de Julho.

Serviço:

Lançamento do livro “Mato Grosso do Sul – Criação e Instalação 30 anos”

Data: 27 de outubro de 2010 Hora: 19 horas

Local: Auditório Germano de Barros – Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara