Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Governador responde ataques entregando mais obras

9 Set 2010 - 18h14Por Fátima News com assessoria

 

 

Cumprindo o que prometera no início desta campanha eleitoral, de responder aos ataques dos adversários mostrando obras de seu governo, no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV, o governador André Puccinelli entregou hoje (quinta) mais 139 casas e nesta sexta-feira, entrega mais 32, perfazendo um total de 600 casas nos últimos 30 dias, em vários municípios do interior. A atual administração vem construindo média de 1.120 casas por mês, ou seja, quatro vezes a média do que foi realizado pelo governo anterior (278 casas por mês). Em Corumbá, o Governo investe R$ 22,8 milhões (100% de recursos próprios) no maior conjunto habitacional do Estado, construindo 1.200 unidades.

 

 

 

Nesta quinta-feira foi a vez dos novos moradores do residencial Iguatemi receberem as chaves de suas casas. O conjunto entregue hoje faz parte do Programa de Subsídios à Habitação de Interesse Social (PSH/2009) e recebeu investimentos superiores a R$ 2,1 milhões vindos de parcerias entre União (R$ 973 mil), Estado (R$ 859.020,00) e Município (R$ 278 mil) que também foi responsável pela cadencia do terreno.

 

 

 

Somente em Campo Grande , os programais habitacionais da prefeitura e do Governo do Estado já garantiram 7.574 moradias à população campo-grandense. Deste total, quatro mil casas já foram entregues aos beneficiários, cerca de duas mil estão em fase de conclusão, e, ainda este ano, mais de 650 unidades habitacionais foram contratadas e já estão em fase inicial das obras.

 

 

 

Em Mato Grosso do Sul são cerca de 40 mil unidades habitacionais entregues e que estão em fase de construção.    Estes números já ultrapassam a meta inicial (40 mil unidades) para os quatro anos da administração do governador André Puccinelli. Estas obras representam a garantia de uma maior qualidade de vida para famílias que viviam em condições precárias.

 

 

 

 A edificação das casas soma investimentos de R$ 670 milhões, englobando recursos estaduais, federais e municipais. As obras representam a garantia de um lar para mais de 170 mil pessoas. Livres do aluguel, famílias que sonhavam com a casa própria passam a contar com uma vida mais segura e digna.  Os investimentos, além de elevar a qualidade de vida em Mato Grosso do Sul, fortalecem a economia local dos municípios, gerando cerca de 30 mil empregos diretos e indiretos na construção civil.

 

Em março deste ano, o governador André Puccinelli lançou a construção de 3.822 casas. As unidades fazem parte do projeto “Meu Lar”, que estão inseridas no Programa Habitacional “MS Cidadão – Casa da Gente” e consiste na construção de casas para famílias de menor renda.  Para edificação destas casas, somando os recursos garantidos através de parcerias entre União, Estado, Município e entidades, serão investidos mais de R$ 62 milhões.

 

 

 

 

 

VEJA O DEPOIMENTO DE ALGUMAS PESSOAS

 

BENEFICIADAS COM A CASA PRÓPRIA NO ESTADO

 

 

 

 

 

CAMPO GRANDE

 

 

 

“Vou me mudar o mais rápido possível. Ter um teto para voltar após o trabalho é muito bom”.

 

Andréia Barreto de Souza

 

 

 

 “Um dos maiores benefícios é poder chegar na sua própria casa depois de um dia de trabalho”.

 

Victor Wandscheer

 

 

 

 

 

DOURADOS

 

 

 

“Com esta casa nossa vida melhorou bastante. Antes morávamos num barraco. Tinha muita goteira e o espaço era pequeno”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido