Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Festival de Inverno de Bonito prossegue nesta terça-feira

20 Jul 2004 - 10h11
Quem estiver em Bonito nesta terça-feira, no quarto dia, do 5º Festival de Inverno de Bonito (Festinbonito) vai ter 22 atrações para conferir. O público poderá visitar exposições, participar de oficinas, debates e de um seminário, assistir a peças teatrais e filmes e ainda curtir música de qualidade.

A programação começa às 9 horas, com as oficinas do Sistema Estadual de Bibliotecas, Dança de Rua e Arte para Crianças. Logo depois, das 10 horas às 13 horas, será realizado o Seminário A Sustentabilidade no Ecoturismo – Perspectivas e Desafios na Construção do Ecoturismo Sustentável, uma das atividades do Festival de Inverno que tem objetivo de promover o debate sobre as questões ambientais e incentivar ações que valorizem o ecoturismo com responsabilidade.

Paralelamente podem ser conferidas as exposições de obras de arte e de fotografia, todas com entrada franca. Na Galeria do Festival estão as obras dos artistas plásticos de Bonito: Ilza Leão, Jair dos Reis, Judith Teixeira, Lenice Rocha Ferreira, Celair Ramos Peralta (Buga) e Eládio Martinez. No mesmo espaço também está a mostra do Concurso Nacional de Fotografia “A Imagem no Meio Ambiente” e na sede do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) estão expostas as fotografias de Eduardo Medeiros e Paulo Alvarenga, com o tema Entre Rios e Histórias.

No Banco do Brasil, das 9 horas às 14 horas, o público pode conferir a exposição de Josué Castro em Por um mundo sem Fome. As praças do Festival e da Liberdade continuam como espaços para o artesanato sul-mato-grossense. A Mostra Brasil Central de Artes Plásticas, que reúne obras de 14 artistas de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Distrito Federal, Goiás e Tocantins também é outra opção na Galeria do Festival.

Ainda pela manhã, haverá apresentação de teatro. A peça O Macaco e a Boneca de Piche será encenada às 10h30 na Escola Municipal Professora Durvalina Dorneles Teixeira, no bairro Marambaia, e a entrada é franca. Os atores misturam humor, mímica, histórias em quadrinhos e desenho animado para mostrar loucuras que uma velhinha comete por um cacho de banana.

Às 11 horas tem apresentação de vídeos ecológicos: Peju Katy Kurimgue’ i... Venham Todas as Crianças..., de André Costa e Sílvio Cordeiro de São Paulo, Sofrossinê Liberdade com Limites, do baiano Péricles Palmeira, e Brincando de Gente Grande, Alessandra Brum e Célia Harumi, de São Paulo. As exibições acontecem na sede do Comtur e são gratuitas.

Outra opção das 11 horas é o debate sobre música com o tema Em Busca de Autonomia – Novas Formas de Produção e Distribuição” que terá a participação do músico, compositor e jornalista de Mato Grosso do Sul Paulinho Simões e do vice-presidente da Associação Brasileira de Música Independente, Benjamin Taubkin, que também é pianista, compositor e arranjador. O evento será na sede no Hotel Piramiúna.

Na parte da tarde haverá oficinas do Sistema Estadual de Bibliotecas: Conservação de Documentos – Pequenos Reparos para Biblioteca”, ministrada por Mirela Dutra; e Como Organizar as Estantes da sua Biblioteca – Classificação e Disponibilização para Empréstimo, com Rosângela Korbes, ambas do Instituto de Ensino Superior da Funlec (IESF- Mato Grosso do Sul).

Às 15h30 na Praça da Liberdade é a vez do República Cênica (Mato Grosso do Sul) apresentar a peça Uma Moça da Cidade com uma hora de duração. Em seguida, no mesmo local, os Violeiros de Bonito fazem a trilha musical do fim da tarde.

A partir das 17 horas, na sede do Comtur, começa o debate sobre artesanato com o tema O Artista e o Artesão, com Moacir Simplício, artista plástico e mestre em artes pela USP (Universidade de São Paulo).

Dois filmes serão exibidos na Mostra ao Ar Livre do Cinema Brasileiro, às 19 horas: o documentário Entre Rios e Histórias, de Alexandre Basso, e a comédia Lisbela e o Prisioneiro de Guel Arraes. Será na Praça da Liberdade, também com entrada franca.

Os shows na noite desta terça-feira serão marcados por apresentações do Brasil Central. Geraldo Roca, de Mato Grosso do Sul, Vera e Zuleica do Mato Grosso e Genésio Tocantins, que revela sua origem pelo seu nome, estarão se apresentando a partir das 20h30 no Circo do Festival.

Depois da meia-noite, no Espaço Alternativo, Alzira Espíndola repassa toda sua trajetória num espetáculo onde interpreta ao violão canções em parceria com diversos artistas.
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'