Menu
SADER_FULL
sábado, 24 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Duração do ensino fundamental poderá ser de nove anos

19 Ago 2004 - 14h14
A Comissão de Educação e Cultura vai analisar uma proposta que amplia de oito para nove anos a duração mínima do ensino fundamental. O projeto (3675/04), de autoria da deputada Professora Raquel Teixeira (PSDB-GO), altera dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional relativos ao ensino fundamental para cumprir a meta atualmente estabelecida no Plano Nacional de Educação (PNE).
A proposta sugere mudanças nos artigos referentes à educação infantil para implementar o início da escolarização obrigatória aos seis anos de idade. "A ampliação da duração mínima do ensino fundamental para nove anos e o início da escolarização obrigatória aos seis anos de idade apontam positivamente no sentido da melhoria da qualidade da educação escolar no Brasil", sustenta a deputada.

Mudanças
Pelo projeto, o Estado deverá garantir às crianças com idade de zero a cinco anos educação escolar pública por meio do atendimento gratuito em creches e pré- escolas. Hoje, a legislação define que esse serviço deve ser oferecido às crianças com até seis anos de idade.
A legislação estabelece também que pais ou responsáveis são obrigados a efetuar a matrícula dos menores no ensino fundamental a partir dos sete anos de idade. A proposta da deputada Professora Raquel Teixeira determina a redução da idade para seis anos.
O texto do projeto determina ainda que a educação infantil - primeira etapa da educação básica que tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança - seja iniciada aos cincos anos de idade e não mais aos seis, como ocorre atualmente. O ensino deverá ser oferecido em pré-escolas, para crianças com idade entre quatro e cinco anos.
O projeto define, finalmente, que caberá ao Poder Público recensear os educandos no ensino fundamental, especialmente os grupos de 6 a 14 anos e de 15 a 16 anos de idade.

Plano Nacional de Educação
Aprovado pela lei 10172/01, o Plano Nacional de Educação incluiu objetivos e metas relativas ao ensino fundamental. Entre elas, a de ampliar a oferta de educação infantil de forma a atender, em cinco anos, 30% das crianças de até três anos de idade e 60% das crianças de quatro a seis anos. A meta para 2010 é alcançar 50% das crianças de zero a três anos.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção