Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 19 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Dólar fecha o dia em alta de 0,41%, negociado a R$ 1,973

30 Ago 2007 - 17h11

O dólar fechou em alta nesta quinta-feira, em uma sessão que acompanhou de perto a volatilidade nos mercados internacionais entre a incerteza sobre os juros norte-americanos e a maior confiança dos investidores com os lucros do setor de tecnologia.

A divisa subiu 0,41% e fechou cotada a R$ 1,975. Na semana, a moeda norte-americana acumula alta de 1,65%.

O dólar subiu mais de 1% logo no começo do dia, refletindo a queda de Wall Street em meio à incerteza sobre um corte do juro na reunião de setembro do Federal Reserve.

Mais tarde, no entanto, as bolsas norte-americanas compensaram as perdas, com o índice Nasdaq chegando a operar em alta, em reação ao comportamento positivo das ações de tecnologia.

O mercado aumentou a aposta, após o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no segundo trimestre, de que a expansão dos investimentos das empresas vai sustentar os lucros do setor de tecnologia. Na mínima do dia, o dólar recuou 0,46%.

"(O dólar) continua com volatilidade, acompanhando lá fora", disse Daniel Szikszay, gerente de câmbio do Banco Schahin. No momento do fechamento, o índice Dow Jones, referência da Bolsa de Nova York, caía 0,4%, e o Nasdaq perdia 0,1%.

Vladimir Caramaschi, economista-chefe da Fator Corretora, afirmou que o mercado de câmbio oscilou também de acordo com o risco-país, que se manteve obediente ao movimento dos mercados estrangeiros. Nas últimas horas de pregão, o índice era cotado acima de 200 pontos-básicos e apontava uma menor disposição dos estrangeiros em investir no País.

A instabilidade do mercado de câmbio ganhou impulso adicional com o início da disputa pela formação da última Ptax (taxa média do dólar) do mês. A taxa da próxima sessão será usada para liquidação dos contratos futuros em vencimento, o que provoca a queda-de-braço entre os comprados - que apostam em alta do dólar - e os vendidos - que apostam na queda.

Segundo Carlos Alberto Postigo, operador de câmbio da corretora Action, algumas tesourarias já podem ter realizado ajustes para buscar uma posição mais favorável em meio ao vencimento dos contratos futuros. Szikszay avaliou, porém, que a disputa ainda não dominou o mercado de câmbio nesta sessão.

De acordo com dados da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), os investidores não-residentes no País - entre os quais os estrangeiros - têm as maiores apostas na alta do dólar. Já os bancos e os investidores institucionais brasileiros estão com posições vendidas no mercado futuro de dólar da bolsa.

 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Gabriel se declara para Luz e os dois se beijam
MULHERES TEM QUE DENUNCIAR
Jovem posta foto com rosto inchado para denunciar agressão do namorado
ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto