Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Deputados federais discutem salário de R$ 16,2 mil

10 Abr 2007 - 10h45

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, discutirá com os líderes dos partidos o aumento do salário dos parlamentares em reunião nesta terça-feira (10). Uma das propostas, que pode ter um consenso, é a de se elevar o vencimento, hoje de R$ 12.800,00, para R$ 16.200,00, o que corresponderia à reposição da inflação dos últimos quatro anos.

Chinaglia repetiu, no entanto, que o reajuste será levado a plenário somente depois que for concluída a votação das sete medidas provisórias e um projeto com urgência constitucional que trancam a pauta de votações. Chinaglia disse ainda que não discutirá com os líderes dos partidos o aumento da verba de gabinete dos deputados na reunião. "Isso não está em discussão. O que está em discussão é o reajuste dos parlamentares em consonância com os líderes dos partidos", afirmou.

Chinaglia vem sendo pressionado por integrantes da mesa diretora a debater o aumento dessa verba de gabinete, hoje em R$ 50,8 mil. A verba é usada para, entre outras coisas, pagar despesas com escritório político, consultorias, jantares, almoços, e hospedagens em viagens. O terceiro-secretário da Câmara, Ciro Nogueira (PP-PI), chegou a apresentar uma proposta para elevar essa verba para R$ 65 mil, o que, segundo ele, corrigiria a inflação dos últimos quatro anos. A mesa diretora, porém, tem adiado a discussão sobre o assunto.

 

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação