Menu
SADER_FULL
terça, 18 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
CORUMBÁ

Corumbá comemora hoje 232 anos de história

21 Set 2010 - 09h32Por Capital do Pantanal
Neste dia 21 de setembro a Capital do Pantanal sul-mato-grossense como é conhecida, comemora seus 232 anos de vida e historia. Com o nome de origem tupi-guarani curupah – que significa "lugar distante".

A cidade que tem a cor clara de seu solo, rico em calcário, é conhecida também como Cidade Branca, foi fundada em 1778 por Luiz Albuquerque, para impedir os avanços dos espanhóis pela fronteira brasileira em busca de ouro.

Com a denominação de Arraial de Nossa Senhora da Conceição de Albuquerque, primeira nome do vilarejo que se transformou no principal entreposto comercial da região, quando foi liberada a passagem, pelo Rio Paraguai, de barcos do Brasil e do Paraguai e, pela importância comercial que passou a ter, em 1838, foi elevado a Distrito e, em 1850, à Município.

A ocupação desta região teve início quando a expectativa de encontrar ouro fez com que a área pertencente ao município fosse explorada pelos portugueses, que começaram a chegar ao local em 1524. Durante a Guerra do Paraguai foi palco de uma das principais batalhas e a Freguesia de Santa Cruz de Corumbá, nome que passou a ter, foi ocupada e destruída por tropas de Solano Lopez, em 1865.

A partir de 1870, ao ser retomada pelo tenente-coronel Antônio Maria Coelho, a cidade começou a ser reconstruída. Na mesma época, imigrantes europeus e de outros países sul-americanos chegaram à cidade. O fim da guerra e o estabelecimento desses estrangeiros impulsionaram o desenvolvimento de Corumbá, que passou a ter o terceiro maior porto da América Latina até 1930.

Até a década de 50, os rios Paraguai, Paraná e Prata eram os únicos meios de comunicação da região. Assim, a cidade vivia sob a influência dos países da Bacia do Prata, dos quais herdou grande parte dos seus costumes, hábitos e linguagem; isso ocorreu naturalmente devido a sua localização fronteiriça e ao isolamento físico que sofria na época.

No início do século XX, porém, a chegada da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil deslocou o eixo comercial do sul do estado - na época ainda Mato Grosso - para Campo Grande. Os grandes comerciantes locais mudaram-se para outras cidades e Corumbá passou a priorizar comercialmente a exploração mineral as atividades rurais, como a agropecuária.

A cidade iniciou atividades industriais na década de 1940, com a exploração das reservas de calcário - excelente para a indústria do cimento - e outros minérios. No final dos anos 1970, o turismo começou a ser explorado, revelando nova infra-estrutura e viabilizando a restauração das construções históricas.

Com o Pantanal ocupando 60 % de seu território, Corumbá passou a ser chamada de Capital do Pantanal, constituindo-se o principal portal para o santuário ecológico. Hoje, com cerca de 100 mil habitantes, é uma das principais cidades do Mato Grosso do Sul.

Agora também começar a ganhar espaço no meio turístico, a exemplo, do carnaval da cidade é um dos principais da região centro oeste, além dos festivais America do Sul e a festa católica do Banho de São João Bem Cultural de Natureza Imaterial.

Ainda tem o turismo de pesca, Corumbá possui a maior colônia de pescadores do estado, que se fortalece com o Festival Pantanal da Águas que divulga e engrandecem a cidade de orgulho unindo o passado ao moderno, historia e cultura para encantar com suas belezas que fazem de Corumbá uma cidade privilegiada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados