Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Cientistas brasileiros desenvolvem células ósseas

20 Ago 2004 - 14h15

Pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Botucatu, conseguiram desenvolver células ósseas, a partir de células-tronco humanas, em camundongos e coelhos. Segundo a Agência Fapesp, o material genético usado é fruto de doações feitas para o transplante de medulas ósseas.

Testes em modelos humanos, porém, serão feitos somente em uma etapa futura. "Primeiro, teremos que validar os nossos protocolos em animais, o que não ocorrerá antes de três a quatro anos. Não podemos dar falsas expectativas", explicou Elenice Deffune, do Laboratório de Engenharia Celular do Hemocentro da Faculdade de Medicina da Unesp, à Agência Fapesp.

Neste momento, os cientistas trabalham na aplicação dessa técnica para a reparação de fraturas graves, reconstituição de cartilagens e recuperação da calota craniana. Eles comprovaram também que é possível desenvolver tecidos humanos em superfícies de titânio, com total adesão, significando um novo caminho para tratamentos como a reposição de dentes.

Como em nenhum desses projetos não se usam células-tronco embrionárias, mas de uma espécie de auto-transplante, Elenice acredita que não existam problemas em relação à questão ética. "Os pesquisadores, quando lançam um olhar claro e uma observação atenciosa sobre os processos naturais de edificações dos tecidos, podem copiar a natureza com harmonia e oferecer uma tecnologia que possa ser usufruída por todos", observa.

A legislação brasileira sobre pesquisas com células-tronco de embriões humanos, já aprovada na Câmara dos Deputados, tramita no Congresso Nacional e proíbe o uso dessas células para qualquer fim. No Senado, estuda-se uma emenda para liberar trabalhos desse tipo.
 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos