Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de novembro de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Caminhoneiros conseguem adesão parcial à paralisação

26 Jul 2004 - 14h57
O "paradão nacional", iniciado à 0h de hoje pelos caminhoneiros, conseguiu a adesão parcial da categoria. Pelas estimativas da Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros), o nível de adesão varia de acordo com a região do país.

Nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, por exemplo, a adesão ultrapassaria os 90%. O mesmo nível de paralisação também poderia ser verificado na Bahia, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A greve teria menos intensidade nos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Em São Paulo, os maiores focos de paralisação teriam ocorrido em São Bernardo e Santos.

A paralisação dos caminhoneiros é um protesto pela aplicação de R$ 8 bilhões dos recursos da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) na recuperação das malha rodoviária.

"Está na hora de o governo investir na estrutura rodoviária, ferroviária e portuária", disse o presidente da Abcam, José da Fonseca Lopes.

No entanto, outras entidades de representação dos caminhoneiros são contrários à paralisação. Esse é o caso da Frente Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas, que considerou a paralisação "inconveniente e inoportuna", já que o governo "assumiu compromissos claros e específicos, que demandarão algum tempo para serem implementados".

A frente se reuniu na quinta-feira da semana passada com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, que garantiu que a recuperação da malha rodoviária foi iniciada.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Conheça o Xiaomi Mi Note 10, lançamento chinês com câmera quíntupla
Brasil
Chuvas causam deixam mais de 500 desabrigados
TECNOLOGIA - SE LIGA AÍ
Celulares pré-pagos de 17 Estados devem ser recadastrados até segunda-feira
MA FASE
Com gol de Messi, Brasil é derrotado pela Argentina e prolonga má fase
IDENIZAÇÃO
Justiça de São Paulo determina bloqueio de passaporte do ex-jogador Roberto Carlos
REVIRAVOLTA
Ex-governadora Rosinha vira doceira e evita falar de política: ‘Tudo deixa trauma’
FUTEBOL BRASILEIRO
Santos precisa se esforçar mais para evitar a perda de uma peça tão importante como Jorge Sampaoli
AUMENTO DE LIMITE
Portaria que aumenta limite de compras no Paraguai é publicada, Confira novo valor
ENSINO ESTADUAL
Em escola, criança é impedida de ir ao banheiro e defeca na roupa
FORÇA DE VONTADE
Mulher proibida de estudar pelo ex-marido faz Enem e retoma sonho