Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Aprovado projeto que proíbe cobrança por diploma em MS

9 Nov 2010 - 17h00

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta terça-feira, um projeto que proíbe todas as instituições de ensino superior de Mato Grosso do Sul de cobrarem pela expedição de diploma e certificados dos cursos educação superior.

De autoria da deputada Celina Jallad (PMDB), o Projeto de Lei 120/10 foi aprovado em segunda votação.

Se for sancionada pelo governador André Puccinelli, a lei valerá para universidades públicas e particulares.

A multa para quem descumprir a lei é de R$ 1 mil para cada cobrança indevida.

Também foi aprovado em segunda discussão o Projeto de Lei 105/10, do deputado Amarildo Cruz (PT), que proíbe a cobrança de ICMS para igrejas e templos de Mato Grosso do Sul nas contas de serviços públicos de água, luz e telefone.

Se a proposta virar lei, a isenção valerá para templos e igrejas de qualquer crença religiosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido