Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Ciência e Saúde

Vacina anti-ebola não gerou reações adversas em pacientes testados

Vacina passa por estudo clínico em 10 pessoas desde o último dia 2.

17 Set 2014 - 08h40Por G1

O primeiro teste clínico de uma vacina contra o Ebola começou nos Estados Unidos no início de setembro com um pequeno número de voluntários, que não apresentaram reações adversas até o momento, disse nesta terça-feira (16) o diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA, Anthony Fauci.

A vacina, desenvolvida pelo laboratório GlaxoSmithKline há vários anos com o Instituto Americano de Saúde (NIH, por sua sigla em inglês), e que deu bons resultados em macacos, é objeto de um estudo clínico com dez pessoas desde 2 de setembro. "Até agora não há evidência" que indique reações graves, disse o doutor Anthony Fauci a uma comissão do Senado.

Outros dez voluntários serão vacinados nos próximos dias, acrescentou Fauci. No total, 20 pessoas de 20 a 50 anos e em bom estado de saúde participam do teste clínico no NIH, perto da capital, Washington.

Os resultados completos deste estudo estarão disponíveis no fim do ano.

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, realizará uma análise clínica da mesma vacina em 60 voluntários saudáveis.

A epidemia de Ebola na África Ocidental, a mais grave desde que o vírus foi identificado em 1976, causou a morte de mais de 2.461 pessoas em 4.985 casos (confirmados, prováveis e suspeitos), de acordo com o último registro da Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgado nesta terça-feira.

Os países mais afetados são Libéria (1.137 mortos), Guiné (557 mortos) e Serra Leoa (524 mortos).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
FRIO INTENSO
Frio chega com força e pode ser o mais intenso do século no Brasil
VACINA CORONAVÍRUS EM MS
ALERTA: Não é momento de descuidar, taxa de contágio tem leve aumento em MS
ASTRAZENECA VACINA ASTRAZENECA
AstraZeneca: 02 doses têm proteção de 93,6% contra mortes por Covid, entenda sobre a 1ª e 2ª doses
LUDELÇA DORNELLES FÁTIMA DO SUL - NOVO DECRETO
Fátima do Sul tem novo Toque de Recolher, Secretária fala sobre decreto, casos e vacinas, ASSISTA
IMUNIZAÇÃO
Mato Grosso do Sul imuniza mais de 88% dos maiores de 60 anos
CONTAGIO DA COVID
Taxa de contágio da covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTO
Um ano após do Marco Legal do Saneamento, MS segue à frente no processo de universalização do esgoto
af32de81 3412 4324 b07f a40e9d7b6bf4 LUTO - FATIMA DO SUL
Fátima do Sul se entristece com o falecimento do centenário "seu Joaquim"
CORONAVÍRUS EM MS
Com quedas na taxa de ocupação de leitos, Estado registra 96 vagas para Covid-19