Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 5 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
JUNINHO DENTISTA NOVO
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO

SES divulga recomendações de prevenção à Covid-19 durante feriado de finados

a SES pede que familiares visitem seus entes queridos no final de semana, que antecede o feriado de finados.

27 Out 2020 - 06h43Por Portal do MS

A Secretaria de Estado de Saúde divulga nota técnica a qual estabelece medidas de biossegurança para o funcionamento de cemitérios durante a celebração do Dia de Finados, que acontece no próximo dia 2 de novembro. Além das recomendações de biossegurança já conhecidas, como distanciamento social e uso de máscaras, a SES pede que familiares visitem seus entes queridos no final de semana, que antecede o feriado de finados.

Como medida de segurança e para evitar aglomerações, a SES recomenda a abertura dos cemitérios já no sábado, 31 de outubro, e no domingo, 1º de novembro, como forma de evitar aglomerações exclusiva nos locais. Fica estabelecido o limite de 50% de ocupação da capacidade do cemitério.

A nota recomenda a criação de mecanismos de controle de acesso e saída do público de forma que não haja aglomerações no início e no término da visitação ao cemitério. Se possível designar um colaborador utilizando máscara para orientações de fluxo, durante os horários de visitação mais intensa. Recomenda-se ainda, que o visitante fique no espaço por um curto período de tempo.

Está previsto a comercialização de produtos no entorno do cemitério, mas que deverá respeitar as normas de posturas locais e demais regras de biossegurança emanadas do poder público.

Cemitérios

Os cemitérios deverão realizar o controle de fluxo de pessoas para adentrar ao local, podendo ser criadas barreiras físicas na entrada, quando necessário, ou outro mecanismo de controle de fluxo de pessoas, respeitando o distanciamento social de 1,5 metros entre os indivíduos, com demarcações no piso para delimitação do espaço físico, especialmente quando houver formação de filas.

Os locais ainda deverão realizar o controle de pessoas em diferentes pontos dentro dos cemitérios, de modo a evitar aglomerações em pontos de maior concentração de visitantes, disponibilizando funcionários para tal finalidade, caso necessário.

Pontos de descontaminação deverão ser instalados nos locais contendo álcool em gel tanto na entrada quanto em pontos estratégicos. A higienização dos locais de uso comum deverá ser intensificada, sendo que a desinfecção deverá ser feita com produtos à base de cloro, como o hipoclorito de sódio, álcool líquido a 70% ou outro produto desinfetante, desde que regularizado perante a Anvisa.

Caso haja equipamentos de uso coletivo, como bebedouros, recomenda-se que se mantenha dispositivo de papel toalha próximo para que seja evitado contato direto com a superfície. Após o uso, descartar o papel toalha em coletor de resíduos com acionamento sem contato manual e proceder à higienização das mãos.

No caso de uso de bebedouros de pressão, os locais deverão observar os seguintes critérios: lacrar as torneiras a jato que permitem a ingestão de água diretamente dos bebedouros, de forma que se evite o contato da boca do usuário com o equipamento; garantir que o usuário não beba água diretamente do bebedouro, para evitar contato da boca com a haste (torneira); caso não seja possível lacrar ou remover as torneiras, o local deverá substituído por equipamentos que possibilite a retirada de águas apenas com copos descartáveis ou recipientes individuais; a utilização de utensílios permanentes (canecas, copos e etc.) deverão ser higienizados rigorosamente; e todos os bebedouros deverão ser frequentemente higienizados.

Sanitários também deverão ter a higienização redobrada. Os locais deverão intensificar: a higienização do ambiente; funcionários deverão usar luvas de borracha, avental impermeável, calça cumprida, máscara e sapato fechado, com a realização da limpeza e desinfecção das luvas utilizadas, reforçando o correto uso das mesmas, não tocando maçanetas, corrimão, entre outros com a luvas; cartazes deverão ser fixadas sobre a utilização dos vasos sanitários orientando que a descarga seja acionada com a tampa do vaso fechada; instalação de dispensadores com álcool em gel 70% ou outro produto, devidamente aprovado pela Anvisa, para higienização de assentos sanitários; recomenda-se que o assento sanitário seja higienizado a cada uso.

Recomenda-se manter os ambientes bem ventilados com janelas e portas abertas, evitando o toque nas maçanetas e fechaduras.

Ao usuário

Fica proibido o compartilhamento de objetos e utensílios de uso pessoal e o consumo de bebidas e alimentos no interior do cemitério. Evitar o contato físico com outras pessoas, mantendo-se a uma distância mínima de 1,5 metro entre os indivíduos. Higienização das mãos com frequência (recomenda-se a utilização de álcool 70%, preferencialmente em gel, especialmente após contato físico com superfícies em locais públicos).

Fica obrigatório o uso de máscaras durante o período de permanência no local, sendo preferencialmente de tecido de dupla camada ou TNT (tecido não tecido) confeccionadas conforme a nota técnica nº 3/2020-CGCAP/DESF/SAPS/MS, sendo que devem ser seguidas as boas práticas de uso remoção e descarte, assim como higienização adequada das m]aos antes e após a remoção, bem como que o uso de máscaras deve ser sempre faciais não profissionais publicado pela Anvisa, em 03/04/2020.

Recomenda-se que pessoas do grupo de risco evitem a ida aos cemitérios e celebrações religiosas. Pessoas que apresentem sintomas como febre, tosse e outros devem evitar a ida aos cemitérios e celebrações religiosas.

Sobre à COVID-19

A nota ainda recomenda que os locais façam a disponibilização de avisos contendo informações acerca da Covid-19 e das medidas de prevenção, por meio de cartazes ou painéis explicativos, que devem estar visíveis e distribuídos em pontos estratégicos.

E que oriente os colaboradores e os visitantes a adotarem a etiqueta e a higiene respiratória: cobrir completamente a boca e o nariz com um lenço de papel ou usar o antebraço para cobrir a tosse ou espirro; evitar o contato físico com superfície em locais públicos; evitar tocar a boca e nariz com as mãos, esfregar os olhos e etc.

Rodson Lima, SES

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREOCUPANTE
Com mais 1.197 exames novos, coronavírus atinge 103.433 pessoas em MS
RARIDADE
Bebê nasce de embrião congelado por 27 anos
GUERRA CONTRA COVID-19
Só 418 mil de 2,8 milhões de sul-mato-grossenses serão vacinados em 2021
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS convoca 19 candidatos de três processos seletivos da Saúde
DOURADOS -125 MORTES
Com mais três mortes por covid-19, óbitos em Dourados chegam a 125
FÁTIMA DO SUL - CORONAVÍRUS
Após funcionária testar positivo para o coronavírus, Gazin fecha pela 2ª vez em Fátima do Sul
ALERTA VERMELHO
Naviraí entra na pior faixa de risco para Covid-19
VACINA COVID 19
Brasil recebe 1 milhão de doses da vacina contra Covid-19
MS - 1.804 MORTES
Com 1,1 mil confirmados em 24h, MS tem 102,2 mil casos e 1,8 mil mortes por coronavírus
CORONAVÍRUS EM MS
Prosseguir: Governo volta a registrar municípios em grau de risco extremo