Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 27 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
RASTREAR MS CONTRA COVID-19

RASTREAR MS entra em operação com a missão de reduzir taxa de contágio da Covid-19

RASTREAR MS entra em operação com a missão de reduzir taxa de contágio da Covid-19

28 Set 2020 - 19h03Por Rodson Lima, SES

O Programa Rastrear, criado com a finalidade de quebrar a cadeia de transmissão do coronavírus e identificar casos precocemente, entra em operação a partir desta segunda-feira (28), nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Iniciativa do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Rastrear é mais uma ação de combate à Covid-19 no Estado.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, Mato Grosso do Sul será o único estado a fazer esse tipo de acompanhamento. “O Programa é uma nova estratégia que estamos lançando com o objetivo de diminuir a taxa de contágio. Essa ferramenta será muito importante para o enfrentamento da Covid-19 em nosso Estado”.

O Rastrear é uma plataforma de software totalmente desenvolvida pela SES, com a finalidade de agilizar o monitoramento e rastreamento de casos da Covid-19 e seus contatos. Assim, permitirá que os municípios identifiquem os pacientes elegíveis juntamente com seus contatos, para o monitoramento e realizem, regularmente, ligações com os mesmos e registrem o apurado sobre estado clínico, sintomas e demais informações no sistema.

O Programa foi desenvolvido em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e vai permitir que o Estado faça o rastreamento e identificação de forma precoce dos casos suspeitos ou casos confirmados de Covid-19.

“Vai permitir que tenhamos a localização e a identificação exata de quem são os contatos da pessoa contaminada. A partir dessa identificação, as equipes de saúde poderão elaborar estratégia de monitoramento diário sobre o aparecimento de sinais e sintomas da Covid", explica o consultor Epidemiológico da OPAS, Rodrigo Said.

Conforme o coordenador de Tecnologia da Informação da SES, Marcos Espíndola de Freitas, um profissional da saúde fará o monitoramento diário dos casos. “Os profissionais vão criar uma cadeia de relacionamentos, de contatos, onde o desafio maior será identificar o mais rápido possível uma pessoa contaminada”.

Assim, o Governo do Estado, por meio da SES, passa a ter um controle mais preciso quanto aos avanços da Covid-19, de forma eletrônica e controlado, a partir de computadores dos municípios. O Rastrear ainda terá a possibilidade de uso por meio de dispositivos móveis como celulares e tablets.

Todos os secretários e secretárias municipais de saúde já passaram por treinamentos. “E assim, esperamos que essa nova ferramenta possa desacelerar os casos da doença no Estado”, pontua o secretário.

Taxa de Contágio

Dados da Secretaria de Estado de Saúde apontam que a taxa de transmissão do coronavírus voltou a registrar aumento quanto ao índice contágio no Estado. A taxa vinha registrando um decréscimo nas últimas semanas, mas em virtude do feriado de 7 de setembro, muitas pessoas furaram o isolamento e a taxa voltou a subir.

“Em Mato Grosso do Sul, há uma certa resistência por parte da população quanto a questão do isolamento social. Nossos índices estão altos e a doença não passou. Ainda não temos o controle desta doença e uma nova onda pode surgir”, alerta o secretário.

A taxa de contágio indica quantas pessoas um paciente infectado consegue transmitir o coronavírus. Quando o indicador está abaixo de 1, há indícios de desaceleração do surto e, acima disso, ele tem tendência de alta. A taxa registrada no Estado oscila entre 1.3 e 1.6. “Essa taxa pode variar dia após dia. Esperamos que com esta nova ferramenta, o Rastrear, possamos ficar abaixo de 1 ponto”, finaliza Geraldo Resende.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Sambista, ela era um dos principais nomes da música morre de Covid aos 49 anos
Até na chuva clamor por médico é realizado - Crédito: Reprodução Facebook LUTA PELA VIDA
COM COVID, Médico em estado grave recebe orações diárias em frente a hospital em MS
DIAS TERRÍVEIS
'Vamos viver dias terríveis': MS chega a média de 850 casos por dia e internações aumentam
DOURADOS - UNIGRAN
Com exames gratuitos para mulher, UNIGRAN recebe Unidade Móvel do Hospital de Amor em março
TOQUE DE RECOLHER
Governo prorroga toque de recolher e restrições seguem até 12 de março
AÇÕES DO GOVERNO MS
Parceria vai levar assist. documentação e benef. para 8 comunidades ribeirinhas na região pantaneira
VACINAS POR MUNICÍPIOS
Confira quantas doses de vacina contra a Covid cada município está recebendo neste 5º lote em MS
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
CASO RARO
Filhote de cachorro nasce com seis patas e duas caudas
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença