Menu
SADER_FULL
segunda, 6 de dezembro de 2021
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
Busca
SEM CONTROLE

Puxado por EUA, mundo tem recorde de mortes por Covid

Foram 4.327 óbitos no país mais afetado pela pandemia e 17.186 em todo o planeta nas últimas 24 horas, aponta balanço da Universidade Johns Hopkins.

13 Jan 2021 - 14h04Por G1

Puxado pelos Estados Unidos, o mundo registrou na terça-feira (12) novo recorde de mortes pelo novo coronavírus, aponta balanço da Universidade Johns Hopkins.

Foram 4.327 óbitos no país mais afetado pela pandemia e 17.186 em todo o planeta. Os recordes anteriores eram de 4.195 mortes nos EUA (7 de janeiro) e 15 mil no mundo (30 de dezembro).

Foi o quarto recorde de vítimas da Covid-19 nos últimos oito dias nos EUA, que também confirmou mais de 215 mil novos casos (o recorde de 302 mil infectados foi registrado no dia 2).

Os EUA são o país mais afetado pela pandemia, com mais de 380 mil óbitos e 22,8 milhões de casos confirmados até o momento.

Na sequência vêm Brasil (204 mil mortes e 8,1 milhões de casos) e Índia (151 mil e 10,4 milhões, respectivamente).

O Brasil registrou uma média de 54 mil novos casos confirmados nos últimos 7 dias, o maior número desde o início da pandemia (veja mais abaixo).

Ao todo, são quase 2 milhões de mortes pelo novo coronavírus em todo o mundo e mais de 91 milhões de infectados.

Número de casos e mortes por Covid-19 em todo o mundo segundo a Johns Hopkins  Foto: Reprodução/jhu.edu

Número de casos e mortes por Covid-19 em todo o mundo segundo a Johns Hopkins — Foto: Reprodução/jhu.edu

Vacinação contra a Covid

Os Estados Unidos são o país que mais aplicou vacinas contra a Covid-19 no mundo (9,33 milhões de doses), segundo o Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford.

Em seguida vêm China (9 milhões), Reino Unido (2,84 milhões) e Israel (1,93 milhões). Ao todo, foram aplicadas quase 30 milhões de doses em todo o mundo, aponta o levantamento.

Proporcionalmente, Israel é o país que mais aplicou doses em relação à população (22,3%). Na sequência vêm Emirados Árabes Unidos (12,9%), Bahrein (5,7%) e Reino Unido (4,2%).

Recorde de casos no Brasil

Segundo país com mais mortes e terceiro em infectados, o Brasil registrou 1.109 óbitos e 61.660 casos confirmados nas últimas 24 horas, segundo o consórcio de veículos da imprensa.

Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias foi de 993, alta de 49% na comparação com a média de 14 dias atrás.

Catorze estados estão com alta no número de óbitos e, pelo quinto dia consecutivo, nenhum apresenta queda de mortes.

Já a média móvel de casos foi de 54.784 novos diagnósticos diários, alta de 51% em duas semanas e um novo recorde desde o início da pandemia.

Crescimento das médias móveis de mortes e de casos de Covid no país continua acelerado

Crescimento das médias móveis de mortes e de casos de Covid no país continua acelerado

Leia Também

SONHO DA MATERNIDADE
Servidora Pública perde marido para a Covid, mas realiza sonho e dá à luz trigêmeos
LUTO FATIMA DO SUL
Motociclista de Fátima do Sul morre em acidente com moto na 10ª Linha
VICENTINA - CARAVANA DA SAÚDE
Prefeito anuncia investimentos com recursos próprios para ampliar cirurgias e exames em Vicentina
covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
MIRANDA
Covid-19 foi temática em eletiva na unidade escolar do município de Miranda
Foto: Ricardo Minella / SES FÁTIMA DO SUL - CARAVANA DA SAÚDE
Caravana da Saúde começa com realização de 110 cirurgias em Fátima do Sul
Foto: Saul Schramm CORONAVÍRUS EM MS
Mato Grosso do Sul registra 93 novas infecções por Covid nesta sexta-feira
ACIDENTE DE MOTOCICLETA
Motociclista tem pé quase decepado após passar mal e se envolver em acidente em Maracaju
INVESTIMENTOS NA SAÚDE
Nova Caravana da Saúde tem R$ 120 milhões para exames e cirurgias
Foto: Chico Ribeiro JATEÍ - NOVA CARAVANA DA SAÚDE
Prefeito de Jateí destaca que Nova Caravana da Saúde será muito importante para todos os municípios