Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de junho de 2021
Busca
DOURADOS - LOCKDOWN 14 DIAS

Prefeito confirma que clínicas médicas não podem atender no LOCKDOWN em Dourados

Em nota de esclarecimento, a Prefeitura de Dourados mandou dizer, por meio do Comitê Extraordinário

3 Jun 2021 - 10h41Por DOURANEWS

DOURADOS - Em nota de esclarecimento, a Prefeitura de Dourados mandou dizer, por meio do Comitê Extraordinário criado sob a presidência de Alan Guedes, que “casos estritamente eletivos não poderão ser atendidos [pelas clínicas médicas], tendo em vista a necessidade de não circulação de pessoas na cidade” e que o mesmo entendimento “se aplica às especialidades odontológicas, fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional e do gênero” durante o período de lockdown.

Embora não explicitamente, a medida anunciada via ‘nota oficial’ tenta se justificar perante o puxão de orelhas recebido pelo prefeito do aliado da campanha, deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS) que saiu em defesa dos profissionais médicos diante do cerceamento imposto ao exercício da atividade. Ovando classificou de ‘insanidade’ a decisão de Guedes nesse sentido.

Confira a Nota de Esclarecimento:

“Tendo em vista a edição do Decreto Municipal n. 400/2021, que estabelece medidas de restrição visando o enfrentamento da pandemia da COVID-19, onde ficou determinado, entre outras coisas, que:
Art. 1º. De forma excepcional, com o objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação do coronavírus, (COVID-19), no Município de Dourados, fica vedado pelo período de 30 de maio a 12 de junho do corrente ano, o funcionamento do comércio e serviços em geral, ressalvados os seguintes: (…) III- Hospitais e estabelecimentos de serviços de saúde de pronto atendimento e alto risco e seus acessórios, sendo vedado o funcionamento de serviços de saúde considerados eletivos.
Diante dia acima exposto, e de dúvidas surgidas acerca do funcionamento de consultórios médicos e clínicas de exames diagnósticos, fica esclarecido o seguinte:
a) Os consultórios médicos e clínicas de exames diagnósticos poderão funcionar, cumprindo protocolos sanitários, em atendimentos de urgência, emergência;
b) Nos casos em que, a critério médico, o profissional entender que a falta do atendimento ou a falta da intervenção poderá evoluir com desfecho clínico futuro desfavorável para o paciente, mesmo que o motivo da consulta não se enquadre estritamente na definição de urgência e emergência;
b) Casos estritamente eletivos não poderão ser atendidos, tendo em vista a necessidade de não circulação de pessoas na cidade; e
c) Clinicas de Estética não poderão funcionar tendo em vista seu caráter eletivo;
d) As cirurgias eletivas estão proibidas no período compreendido no citado Decreto; e
e) O mesmo entendimento acima descrito se aplica às especialidades odontológicas, fisioterapia, psicologia, terapia ocupacional e do gênero.
As situações acima citadas deverão ser evidenciadas pelos profissionais, mediante competente atestado, o qual poderá ser solicitado pelos órgãos de fiscalização.
Certo de termos esclarecido quaisquer pontos que apresentavam dúvida, contamos com o sempre e irrestrito apoio de todos os citados profissionais nesse momento de dificuldades que o município atravessa, e juntos venceremos essa batalha!
Dourados/MS, 01 de junho de 2021.
Comitê Extraordinário da COVID-19”

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Arquivo Pessoal ALERTA - SAÚDE
Jovem de 19 anos perde parte do pulmão após contrair fungos durante uso de narguilé
BOLETIM CORONAVÍRUS FATIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
COVID: Confira o boletim das últimas 24h em Fátima do Sul
FATIMA DO SUL - 70 MORTES
Com Culturama apresentando apenas 1 caso, Fátima do Sul segue com 47 infectados com Covid 19
VACINAÇÃO
Gestantes a partir de 18 anos, com ou sem comorbidades, poderão ser vacinadas contra Covid-19 em MS
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
TRISTEZA E COMOÇÃO
Fátima do Sul 'para' no cortejo fúnebre de despedida do Dr. Fernando
Apresentações em sala de aula se transformaram em programas de podcasts e de vídeos inovadores na UNIGRAN DOURADOS - UNIGRAN
Podcasts e vídeos inovam trabalhos acadêmicos da UNIGRAN durante a pandemia
BOLETIM COVID-19 EM MS
Jovem de 17 anos está entre os 48 óbitos das últimas 24h em dia de mais 1.715 novos casos em MS
VACINA DA PFIZER
SES autoriza vacinar adolescentes acima de 12 anos com comorbidades graves com a Pfizer em MS
VICENTINA DE LUTO
Prefeito decreta Luto de 3 dias 'nosso Hospital fazia parte da vida do Dr. Fernando' em Vicentina