Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
CORONAVÍRUS NO MS

Pipoqueiro querido do Colégio Auxiliadora é mais uma vítima da covid

Pipoqueiro querido do Colégio Auxiliadora é mais uma vítima da covid

9 Ago 2020 - 17h35Por Ângela Kempfer / Lado B / CG News

As aulas vão voltar, mas sem um dos pipoqueiros mais queridos de Campo Grande. Aos 89 anos, o Baiano do Colégio Auxiliadora morreu hoje. Ele não resistiu a covid-19 e foi embora, sem se despedir da família. Com o protocolo imposto pelo coronavírus, teve de ser sepultado sem velório.

Seu Osório Prado Cardoso estava internado no Hospital Regional e faleceu às 3h15 deste domingo (9), foi uma das 5 vítimas da doença até o fim desta tarde na Capital. "Nosso Baiano se foi. Como testou positivo para Covid, não poderemos nos despedir dele", postou nas redes sociais a filha, Sebastiana Santana.

Em 2016, o antigo pipoqueiro foi reportagem do Lado B, do Campo Grande News. Ganhou a homagem em vida. Além da história dos 50 anos de dedicação ao ofício de pipoqueiro, ele também sensibilizou ao demonstrar a tristeza de não conseguir mais sobreviver com o dinheiro das vendas na porta da escola.

“A situação não está fácil, mora eu minha esposa e três filhos que até hoje não saíram de casa. A aposentaria quase não dá para comprar os remédios”, desabafou à equipe de reportagem há 4 anos.

Sensibilizados, ex-alunos fizeram uma vaquinha para ajudar o velho amigo e arrecadaram quase R$ 4 mil. No dia da entrega, véspera do Natal de 2016, Baiano chorou ao receber os R$ 3.813,00 doados.

"Olha, eu nem sei o que dizer, não sei falar palavras bonitas, mas queria conseguir apertar a mão de cada um. E eu desejo toda felicidade a quem fez isso por mim", agradeceu.

Ele sempre soube de como marcou gerações de estudantes. “Os alunos sabiam a hora de tocar o sino assim que subia o cheirinho da pipoca ali na janela”, contava o pipoqueiro. Hoje, esse cheiro e até o sabor devem ficar mais vivos na alma de muitos marmanjos em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19 NO FUTEBOL
Flamengo tem 6 casos de covid-19, mas Conmebol não aceita adiar jogo da Libertadores
No Cerrado, o trabalho segue com um contingente de 150 combatentes AÇÕES DO GOVERNO MS
Governo do Estado anuncia controle de focos de incêndio no Pantanal e no Cerrado
A vítima é uma mulher de 56 anos, identificada como Quitéria Pereira Lopes Montagneri. VITIMA DA COVID 19
Quarta morte por covid-19 é registrada em Batayporã; Vítima é uma mulher de 56 anos
Tumulos quadruplicaram em maior parte dos cemitérios BRASIL - 136.895 MORTES
Saúde atualiza números da pandemia: Brasil tem 363 novos óbitos
Renato tinha 50 anos e era formado em educação física - Assessoria/Cedida CORONAVÍRUS NO MS
Professor e candidato a vereador morre em decorrência da Covid-19 em MS
CORONAVIRUS NO MS
Taxa de contágio cai pela primeira vez no Estado, mas de mortalidade continua alta
CIRURGIAS
SES atualiza resolução sobre retorno de cirurgias eletivas em MS
Com pandemia o desemprego agravou a situação dos sulmatogrossenses POBREZA EXTREMA
Depois de anos, fome chega com mais intensidade em MS
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19 FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
COVID: Semana fecha com 34 casos confirmados, 09 só nas últimas 24h em Fátima do Sul
Voluntários de empresas privadas da Costa Leste também lutam contra as queimadas. QUEIMADAS NO PANTANAL
Bombeiros do Paraná chegam a MS para combater incêndios no Pantanal