Menu
SADER_FULL
quinta, 5 de agosto de 2021
Busca
fraude em licitação

PF inicia operação para apurar fraude em licitação e desvio de R$ 6,5 mi do Ministério da Saúde

25 Set 2014 - 14h29Por R7

A PF (Polícia Federal) da Bahia, em parceria com o MPF (Ministério Público Federal) e a CGU (Controladoria-Geral da União), começou nesta quinta-feira (25) uma operação para apurar uma suspeita de desvio de R$ 6,5 milhões de um órgão vinculado ao Ministério da Saúde.

A operação Frota tem o objetivo de apurar fraude em licitação cometida em 2013, feita pela Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) e uma empresa de locação de veículos sediada em Brasília.

Até agora, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão — quatro em Salvador e 12 em Brasília — nas sedes e escritórios das empresas envolvidas, entre elas locadoras de veículos pertencentes a uma mesma família.

De acordo com a PF, não houve a frustração ao caráter competitivo do procedimento licitatório, além de crimes como fraude em licitação e formação de quadrilha.

Entenda o caso

A Sesai fez um pregão presencial para alugar veículos para atender às necessidades de serviço de transporte terrestre da sede do DSEI/BA (Distrito Sanitário Especial Indígena de Salvador).

Na disputa, apareceram poucas empresas, todas sediadas em Brasília e de um mesmo núcleo familiar. A empresa vencedora apresentou preços muito superiores aos de mercado.

Além da fraude no procedimento licitatório, a empresa que ganhou a licitação e foi contratada recebeu pouco mais de R$ 13 milhões nos primeiros nove meses do contrato. Houve um elevado sobrepreço global estimado em R$ 6,5 milhões neste mesmo período, de acordo com a PF.

A majoração em questão atinge outra cifra quando se considera a adesão dos demais DSEIs à Ata de Referência de Preços realizada pelo DSEI/BA. Vale pontuar que havia previsão de prorrogação dos contratos após o prazo inicial.

Ainda de acordo com a PF, a apuração aponta que não houve concorrência no pregão presencial — somente uma simulação.

Existem indícios de participação de funcionários públicos, porque foi a administração pública que convidou as empresas e, na fase do pregão, atendeu a outras pertencentes à esfera da mesma família.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VACINA DOSES DE ESPERANÇA
MAIS VACINA: MS recebe 62.230 doses de vacinas contra Covid-19
FOTO: SANESUL QUALIDADE DE VIDA
População da Grande Dourados terá mais qualidade de vida com obras da Sanesul
BOLETIM FÁTIMA DO SUL FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID19
Boletim semanal Covid vem com novos casos nos últimos 07 dias em Fátima do Sul
BRASIL - 558.432 MORTES
Covid-19: casos sobem para 19,98 milhões e mortes, a 558,4 mil
MS EM DESTAQUE
MS atinge marca de 80% da população adulta vacinada contra a covid-19
MS 1º EM VACINAÇÃO
Reinaldo Azambuja: orgulho de Mato Grosso do Sul, o Estado que mais vacina
MS EM DESTAQUE
Com destaque nacional, MS já dispõe da imunização completa de mais de 6 mil policiais
IASD - FATIMA DO SUL
Adventistas levam Missão Calebe para o Jardim Eliane de Fátima do Sul, com o Sopão do Amor
MS - 8.983 MORTES
Em MS, 21 morrem de covid-19 incluindo um jovem de 25 anos e sem comorbidades
FÁTIMA DO SUL - VACINÔMETRO
Fátima do Sul já aplicou mais de 19 mil doses contra a Covid-19, confira o vacinômetro