Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
Saúde pública

Número de mortes por leishmaniose teve aumento de 43,7% no Estado

14 Jan 2014 - 10h07Por Campo Grande News

O número de mortes por leishmaniose visceral aumentou em 15% em Mato Grosso do Sul, de acordo com dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde). No último relatório, de janeiro a 20 de novembro do ano passado foram registrados 207 casos com 23 mortes causadas pela doença. Desde 2010, houve aumento de 43,75% no número de óbitos.

Em 2012, foram registrados 303 casos com 20 mortes. Se comparado ao ano passado o número de casos diminuiu, no entanto subiu a quantidade de mortes causadas pela doença.

Conforme o relatório, nos últimos 3 anos os casos de mortes só vem aumentando no Estado. Em 2010, foram registrados 214 casos e 18 mortes, em 2011, foram 273 com 16 mortes.

A doença é causada pelo mosquito flebótomo, também conhecido como birigui ou mosquito-palha. O mosquito busca alimentos nessas áreas e pica os cachorros, que acabam infectados pelo parasita leishmânia.

A leishmaniose é uma doença infecciosa, causada por parasitas, que pode se manifestar na forma visceral ou cutânea. No ser humano a doença leva de dois a quatro meses para aparecer e tem cura. Nos animais, os primeiros sintomas demoras de três a dez meses para surgir e não tem cura.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde de Campo Grande para saber os dados locais, mas até o fechamento desta matéria não houve retorno. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Sambista, ela era um dos principais nomes da música morre de Covid aos 49 anos
Até na chuva clamor por médico é realizado - Crédito: Reprodução Facebook LUTA PELA VIDA
COM COVID, Médico em estado grave recebe orações diárias em frente a hospital em MS
DIAS TERRÍVEIS
'Vamos viver dias terríveis': MS chega a média de 850 casos por dia e internações aumentam
DOURADOS - UNIGRAN
Com exames gratuitos para mulher, UNIGRAN recebe Unidade Móvel do Hospital de Amor em março
TOQUE DE RECOLHER
Governo prorroga toque de recolher e restrições seguem até 12 de março
AÇÕES DO GOVERNO MS
Parceria vai levar assist. documentação e benef. para 8 comunidades ribeirinhas na região pantaneira
VACINAS POR MUNICÍPIOS
Confira quantas doses de vacina contra a Covid cada município está recebendo neste 5º lote em MS
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
CASO RARO
Filhote de cachorro nasce com seis patas e duas caudas
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença