Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
124 ANOS

MS Saúde chega à Capital com a realização de cirurgias e exames com finalidade diagnóstica

24 Ago 2023 - 06h55Por Portal do MS

Às vésperas dos 124 anos de Campo Grande, o Projeto ‘MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila’, se estabelece na Capital sul-mato-grossense com a realização de consultas de pré-operatório em diversas especialidades e com a realização de exames de alta complexidade como tomografias e ressonância magnética em unidades hospitalares do município.

A superintendente de Gestão Estratégica da SES (Secretaria de Estado de Saúde) e coordenadora do MS Saúde, Maria Angélica Benetasso, explica que as equipes estão se organizando para a realização de forças-tarefas tanto na Capital quanto nos demais municípios do Estado.

“Nós iniciamos com um ritmo um pouco lento porque tomamos todos os cuidados com a realização dos contratos e dos termos aditivos para pudéssemos ter uma prestação de contas transparente, principalmente, considerando que alguns procedimentos são caros. Assim, estamos trabalhando em conjunto com os órgãos de controle, entre eles, o Ministério Público que tem nos ajudado em muito em todos os processos deste projeto”, explica Benetasso.

A chegada do Projeto em Campo Grande representa maior celeridade nas filas do município que permaneceram represadas, principalmente, em virtude da pandemia da Covid-19. “Nós sabemos que a maior demanda está na cidade de Campo Grande. O projeto chega unindo forças do financiamento do Estado, da organização da equipe da SES junto aos executores que são os hospitais que se pré-dispuseram em realizar os mutirões oferecendo atendimento com mais agilidade e celeridade aos pacientes que estão a muito tempo na fila”, detalha a superintendente.

Atualmente, os maiores hospitais do Estado estão concentrados em Campo Grande e a demanda de urgência é muito alta, e por esta razão, acabam deixando de realizar os procedimentos eletivos. “E por isso as filas acabam represadas e com a soma de esforços que são os novos executores conseguimos dar maior celeridade nos atendimentos das filas, principalmente, para os residentes de Campo Grande. Por isso, o projeto está caminhando muito bem e segue dentro do esperado”, detalha Maria Angélica.

Ações em Campo Grande

Hospital São Julião

O Hospital São Julião recebe a partir desta quinta-feira (24), o mutirão de consultas cirúrgicas para a realização de cirurgia geral. Ao todo, o CORE (Sistema de Regulação Estadual) realizou o agendamento de 75 pacientes para os próximos dias, sendo 10 pacientes para o dia 24 de agosto, 15 pacientes para o dia 25 de agosto e para o dia 2 de setembro, mais 50 pacientes.

Outras consultas para outras especialidades foram realizadas, a primeira aconteceu no dia 23 de agosto, com consultas avaliativas para cirurgia de vitrectomia e de catarata com agendamentos realizados para os dias 23, 28, 31 de agosto e para o dia 1º de setembro.

Hospital do Pênfigo

Já Hospital do Pênfigo 102 pessoas tiveram as suas consultas agendas para o dia 25 de agosto sendo 52 para consultas de pré-operatório de quadril, e 50 consultas de pré-operatório de joelho. Deste total, 19 pacientes são de ações judiciais.
O Hospital do Pênfigo Centro agendou duas datas de consultas de pré-operatório para exames de cateterismo, sendo para o dia 24 de agosto, 45 pacientes e para o dia 31 de agosto 47 pacientes.

Santa Casa

O Hospital Santa Casa também realizou 178 procedimentos, sendo 144 tomografias agendadas no período de 14 a 31 de agosto, além de 34 exames de ecocardiograma. Há ainda a previsão de novos exames de alta complexidade como a ressonância magnética e de cateterismo que deverão acontecer nos próximos dias.

Hospital Regional de Mato Grosso do Sul

Com parte das comemorações de 26 anos do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), a unidade hospitalar executará de exames de cateterismo, eletroneuromiografia e endoscopia. Os agendamentos ainda deverão acontecer.

Chamamento de pacientes

Quanto à comunicação de agendamento aos pacientes a SES/MS esclarece que:

Aos munícipes de Campo Grande, a Sesau solicitou ao Estado que os agendamentos sejam realizados com o mínimo 10 dias úteis para que a Regulação Municipal de Saúde de Campo Grande consiga comunicar os pacientes de forma eficaz.
Em casos eventuais, de menor prazo estipulado, o CORE estadual entra em contato com o paciente e informa o agendamento em Campo Grande.

Já os munícipes do interior do Estado, o CORE/SES informa à Central Municipal de Regulação, a qual informar aos pacientes, data e hora de atendimento.

Por isso, a necessidade da importância da atualização de dados, como o telefone, endereço, cartão do SUS que pode ser realizada nas unidades de saúde ou nas secretarias municipais de saúde.

MS Saúde

O Projeto ‘MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila’ já está em 21 municípios que já iniciaram procedimentos para reduzir filas no Estado. Já foram realizados diversos procedimentos cirúrgicos nas especialidades: cirurgia geral, oftalmológica, vascular, ortopédica, otorrinolaringologia, urológica e ginecológica.

Para o Ano I do Projeto MS Saúde, 38 estabelecimentos de Saúde de 32 municípios fizeram a adesão ao programa para a realização de cirurgias eletivas. E mais 34 estabelecimentos de saúde de 19 municípios fizeram a adesão para a realização de exames com a finalidade diagnóstica. Com recurso federal, há 22 estabelecimentos de saúde de 20 municípios que estão credenciados para a realização de cirurgia eletiva.

O Projeto MS Saúde prevê que prefeituras e estabelecimentos de saúde estabeleçam convênios que vão garantir a realização de 15 mil cirurgias eletivas em diversas especialidades, entre elas: oftalmologia, otorrinolaringologia, cirurgia vascular, cirurgia geral e ortopedia.

Também estão previstas a realização de 42,5 mil exames diagnósticos como ressonância magnética com contraste, ressonância magnética (sedação), tomografia computadorizada, endoscopia, densitometria, colonoscopia, holter 24 horas, cintilografia, entre outros.

Ao todo serão ofertados 136 tipos de procedimentos cirúrgicos e 74 tipos de exames com finalidade diagnóstica, incluindo procedimentos com sedação. Além de oferecer modelo de financiamento diferenciado, com incentivo estadual exclusivo, incluindo aporte financeiro para órteses/próteses.

O Governo do Estado disponibilizou R$ 45 milhões de recursos próprios e R$ 7,9 milhões de recursos federais para atender à população.

Rodson Lima, Comunicação SES

Foto: Divulgação SES

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

ANGÉLICA DE LUTO
Angélica se despede de Elza Gomes, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
Comunicação Sanesul TODOS PELO RIO GRANDE DO SUL
Sanesul envia nova remessa de copos de água a vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul
Foto: Detran-MS AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Junho é mês de licenciar veículos com placas terminadas em 4 e 5 no Mato Grosso do Sul
Foto: Álvaro Rezende MUITO FRIO NO MS
CONGELOU tudo: Com temperaturas abaixo de 5°C, quarta-feira registra um dos dias mais frios; CONFIRA
VACINA - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil BORA VACINAR
MS inicia campanha de vacinação contra poliomielite; imunização vai até 14 de junho

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter TopFAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'